Show simple item record

dc.contributor.advisorSilva, Messias Borges [UNESP]
dc.contributor.authorGavazza, Lucas [UNESP]
dc.date.accessioned2015-05-14T16:52:26Z
dc.date.available2015-05-14T16:52:26Z
dc.date.issued2014-12-12
dc.identifier.citationGAVAZZA, Lucas. Utilização do cavaco de madeira como combustível alternativo para a produção de vapor de água em uma caldeira aquatubular com grelha fixa do tipo PIN HOLE. 2014. 92 f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado - Engenharia Mecânica) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá, 2014.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/123037
dc.description.abstractThe steady increase in the price of oil and its derivatives, carbon credits, the concern with the environment combined with the precipitation of rain water and lack of water resources that Brazil has suffered in 2014 caused a migration of participation sources of energy in the Brazilian energy matrix. The hydropower sector suffered big drop at 2013 and is suffering so far, contributing thus to the generation and cogeneration of thermal energy using renewable energy sources such as: sugarcane bagasse, wood chips, rice husks, among others. The selling price of the electricity market reached the level of R$ 807, 00 MWh in January 2014 (Source: ANEEL), heating the Brazilian thermoelectric sector. Although thermoelectric use in bulk water as vaporizing fluid to produce electricity and use in various processes, water reuse plans have become an important factor in these industries. The increased use of biomass has been the bagasse which is allied to the sugarcane sector, strong market in Brazil, and consists basically use the rest of sugar cane, sugarcane industries that would play out. The sugar and ethanol industry is very unstable and only lasts for 6-8 months a year, and the remaining time in the period known as between crop that corresponds to the planting and harvesting of sugarcane and then enter the period of vintage which is the constant cane harvesting and crushing it. This instability of the market and the thermoelectric idle period leads the thermoelectric industries to seek other sources of renewable energy, such as wood chips (pine, Eucalyptus, Orange), rice husk, sorghum among others, to not be dependent on alcohol sector. The present work aims to study the use of wood chips as an alternative biomass for burning a fuel that essentially uses bagasse, the thermoelectric in question consists of two boilers that produce together 350 t / h ... (Complete Abstract click electronic access below)en
dc.description.abstractO constante aumento no preço do petróleo e seus derivados, os créditos de carbonos, a preocupação com o meio ambiente aliados ao déficit de precipitação de água de chuva e falta de recursos hídricos que o Brasil sofreu no ano de 2014 ocasionou uma migração da participação das fontes de energia na matriz energética brasileira. O setor hidrelétrico sofreu grande baixa de 2013 até o momento, contribuindo, portanto para a geração e cogeração de energia em termelétricas que utilizam fontes renováveis de energia como combustível, como por exemplo: bagaço de cana, cavaco, casca de arroz, entre outros. O preço de venda da energia elétrica no mercado atingiu o patamar de R$ 807,00 por MWh em janeiro de 2014 (Fonte: ANEEL), aquecendo o setor termelétrico brasileiro. Embora as termelétricas utilizem em grandes quantidades a água como fluido vaporizante para a produção de energia elétrica e as utilizações em processos diversos, planos de reuso de água passaram a ser fator importante nessas indústrias. A biomassa de maior uso vem sendo o bagaço de cana que é aliado ao setor sucroalcooleiro, mercado forte no Brasil, e consiste basicamente em utilizar o resto da cana de açúcar que as indústrias sucroalcooleiras jogariam fora. O mercado sucroalcooleiro é bem instável e dura apenas de seis a oito meses por ano, estando o restante do tempo no período conhecido como entre safra que corresponde ao plantio e colheita da cana para então entrar no período de safra que é a constante colheita da cana e moagem desta. Essa instabilidade do mercado e período ocioso leva as termelétricas a procurarem outras fontes de energia renováveis, como por exemplo, o cavaco de madeira (Pinho, Eucalipto, Laranjeira), casca de arroz, sorgo entre outras, para não ficarem dependentes do setor sucroalcooleiro ... (Resumo completo, clicar acesso eletronico abaixo)pt
dc.format.extent92 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectBiomassapt
dc.subjectEnergia eletrica e calor - Cogeraçãopt
dc.subjectVapor d'aguapt
dc.subjectCaldeiras a vaporpt
dc.subjectMadeira como combustivelpt
dc.subjectBiomasspt
dc.titleUtilização do cavaco de madeira como combustível alternativo para a produção de vapor de água em uma caldeira aquatubular com grelha fixa do tipo PIN HOLEpt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Engenharia, Guaratinguetápt
dc.identifier.aleph000810469
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2015-05-06/000810469.pdf
dc.identifier.lattes9507655803234261
unesp.undergraduateEngenharia Mecânica - FEGpt
unesp.author.lattes9507655803234261
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record