Show simple item record

dc.contributor.authorSilva, Luis Fernando Mercês Chaves [UNESP]
dc.contributor.authorOliveira, Sidnei Nunes de [UNESP]
dc.contributor.authorDalanezi, Felipe Morales [UNESP]
dc.contributor.authorAraujo, Endrigo Adonis Braga de [UNESP]
dc.contributor.authorZahn, Fabíola Soares [UNESP]
dc.contributor.authorPrestes, Nereu Carlos [UNESP]
dc.date.accessioned2016-04-01T18:44:19Z
dc.date.available2016-04-01T18:44:19Z
dc.date.issued2014
dc.identifierhttp://revistas.bvs-vet.org.br/recmvz/article/view/24977
dc.identifier.citationRevista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 12, n.3, p. 56-61, 2014.
dc.identifier.issn1413-571X
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/137132
dc.description.abstractA histerocele inguinal e uma hérnia pouco frequente, caracterizada pela protrusão do útero pelo canal inguinal, ocasionando sinais clínicos em decorrência de gestação ou alterações uterinas, dentre elas a piometra, tendo como causa primaria o desequilíbrio hormonal levando ao enfraquecimento de tecido conjuntivo, que distende os anéis inguinais. Pode ser causada por um conjunto de fatores tais como obesidade e aumento da pressão intra-abdominal, acompanhada pelo enfraquecimento das estruturas de contorno adjacentes. Foi relatada a ocorrência de histerocele inguinal com piometra em uma cadela da raça Poodle, com nove anos de idade, atendida no Ambulatório de Reprodução de Pequenos Animais do Hospital Veterinário da Universidade Paulista “Júlio de Mesquita Filho” Unesp – Botucatu – SP. As alterações clínicas observadas foram presença de secreção vulvar mucopurulenta, hipertermia (40,2°C), vasos episclerais ingurgitados, apatia e anorexia, além da presença de hérnia inguinal esquerda. Ao exame ultrassonográfico da cavidade abdominal e da hérnia, constataram-se áreas lobuladas com regiões anecoicas bem evidentes, características dos achados ultrassonográficos de piometra, tanto no interior da cavidade como no conteúdo herniário. Os achados hematológicos revelaram anemia normocítica e normocrômica, leucocitose grave, neutrofilia e desvio a esquerda; o exame bioquímico do soro revelou alteração das enzimas hepáticas, hiperglobulinemia e hiperproteinemia, condizentes com o quadro de piometra. Diante do quadro clinico, procedeu-se laparotomia de caráter emergencial e verificou-se que ambos os cornos estavam repletos de secreção e que o conteúdo herniario tratava-se do corno uterino esquerdo. O corno distendido foi removido do anel inguinal lentamente e, apos a ovariosalpingohisterectomia (OSH), foi realizado a redução do anel inguinal esquerdo. Apos a recuperação pós-operatória, restabeleceu-se a saúde do paciente.pt
dc.format.extent56-61
dc.language.isopor
dc.relation.ispartofClínica Veterinária
dc.sourceCurrículo Lattes
dc.subjectHisterocelept
dc.subjectPiometrapt
dc.subjectCadelapt
dc.titleHisterocele inguinal em cadela com piometra: relato de casopt
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Botucatu, Departamento de Reprodução Animal e Radiologia Veterinária, Botucatu, Distrito de Rubião Júnior, s/n, Rubião Júnior, CEP 18618000, SP, Brasil
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Botucatu, Departamento de Reprodução Animal e Radiologia Veterinária, Botucatu, Distrito de Rubião Júnior, s/n, Rubião Júnior, CEP 18618000, SP, Brasil
dc.rights.accessRightsAcesso restrito
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatupt
dc.identifier.lattes5946482110081687
unesp.departmentReprodução Animal e Radiologia Veterináriapt
unesp.author.lattes5946482110081687
Localize o texto completo

Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record