Show simple item record

dc.contributor.authorSilva, Adriano da [UNESP]
dc.contributor.authorChinelatto, Tiago Giorgetti [UNESP]
dc.contributor.authorZampieri, Maria Teresa [UNESP]
dc.contributor.authorJavaroni, Sueli Liberatti [UNESP]
dc.date.accessioned2016-07-19T12:59:50Z
dc.date.available2016-07-19T12:59:50Z
dc.date.issued2014
dc.identifierhttp://www.unesp.br/portal#!/prograd/e-livros-prograd/
dc.identifier.citationCONGRESSO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES, 2.; CONGRESSO ESTADUAL PAULISTA SOBRE FORMAÇÃO DE EDUCADORES, 12., 2011, Águas de Lindóia. Anais 2. Congresso Nacional de Professores 12. Congresso Estadual sobre Formação de Educadores... São Paulo: UNESP; PROGRAD, 2014. p. 3405-3414
dc.identifier.issn2357-7819
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/141636
dc.description.abstractO objetivo desse artigo é discutir sobre uma evidenciada desarticulação entre a formação inicial do professor de matemática e a inserção dos computadores nas aulas de matemática. A metodologia de pesquisa é de cunho qualitativo, pois estamos interessados em compreender aspectos referentes a um determinado grupo social composto por professores de matemática, dentro de um determinado contexto, que, a saber, é a cidade de Rio claro. Os dados do artigo são compostos por questionários, os quais foram aplicados a professores de sete escolas públicas de Rio Claro onde as perguntas solicitavam informações sobre a formação do professor para o uso da tecnologia e sobre como se dava a prática pedagógica caso ocorresse à inserção da mesma. Dentre os referenciais teóricos estamos nos baseando em Borba e Penteado (2001), que argumentam em que argumentam que a informática deve ser um direito de todos, tendo a escola pública e privada o dever de proporcionar ao estudante uma educação que legitime ao menos uma alfabetização tecnológica. Como parte de nossos resultados, evidenciamos que a problemática mais relatada pelos professores que desmotivam o uso do computador está relacionado com a falta de computadores nas escolas e a qualidade dos mesmos. Observamos casos onde o professor possui formação para o uso das tecnologias em sua prática pedagógica, porém não as utiliza por tal problemática mencionada.pt
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent3405-3414
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.publisherPró-Reitoria de Graduação (PROGRAD UNESP)
dc.relation.ispartofCongresso Nacional de Formação de Professores
dc.relation.ispartofCongresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores
dc.titleA inserção dos computadores nas aulas de matemática: perspectivas a partir de um estudo na cidade de Rio Claropt
dc.typeTrabalho apresentado em evento
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências (IBRC), Departamento de Educação, Rio Claro, SP, Brasil
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências (FC), Departamento de Matemática, Bauru, SP, Brasil
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências (IBRC), Departamento de Educação, Rio Claro, SP, Brasil
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências (FC), Departamento de Matemática, Bauru, SP, Brasil
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências, Rio Claropt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, Baurupt
dc.identifier.fileISSN2357-7819-2014-3405-3414.pdf
unesp.departmentEducaçãopt
unesp.departmentMatemáticapt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record