Show simple item record

dc.contributor.advisorLangeani Neto, Francisco [UNESP]
dc.contributor.authorAlmeida, Mara Cristina [UNESP]
dc.date.accessioned2016-08-22T20:43:42Z
dc.date.available2016-08-22T20:43:42Z
dc.date.issued2016-05-31
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/143104
dc.description.abstractPimelodus britskii, uma espécie endêmica da bacia do rio Iguaçu, apresenta poucos estudos que envolvam desenvolvimento ontogenético e parâmetros populacionais, deste modo, trabalhos que envolvam esses caracteres são de suma importância, para tomada de medidas de uso e conservação da espécie. Neste trabalho abordamos, no primeiro artigo, o desenvolvimento larval, proporções corporais e subsídios para diferenciar a larva nas fases iniciais de desenvolvimento das suas congenéricas. No segundo artigo avaliamos as modificações, ao longo do espaço e do tempo, com relação à abundância, proporção sexual, tamanho de primeira maturação, comprimento médio, relação peso/comprimento, e atividade reprodutiva. Em relação às larvas, inicialmente a pigmentação era escassa e intensificou-se com o desenvolvimento. O comprimento padrão variou de 2,6 a 13,11mm e os miômeros de 34-50. A espécie apresentou alometria negativa do comprimento da cabeça, altura do corpo, distância pré-dorsal e distância pré-anal em relação ao comprimento padrão e altura da cabeça, comprimento do focinho e diâmetro do olho em relação a comprimento da cabeça, e as estruturas corporais em todas as fases larvais de desenvolvimento são cartilaginosas. Foram capturados na totalidade 9.204 indivíduos, em quatros locais diferentes de coletas em 9 (nove) etapas. Evidenciou que a população de P.britskii, por diferentes etapas e locais, apresentou diferença significativa em seus parâmetros populacionais. A maior abundância (CPUE) ocorreu na etapa I e na estação de coleta Cavernoso (Cav). O comprimento médio da população variaram 15,5±6,2 cm, sendo os indivíduos maiores capturados na Etapa III e na estação de coleta Iate Clube Candói (Iat). O crescimento foi alométrico negativo, como o melhor fator de condição (K), encontrado na etapa III e na estação Iat, como ocorreu também para o comprimento médio. O índice de atividade reprodutiva (IAR), na escala temporal foram mais intenso na etapa I e no espaço na estação Cav. E em relação a diferentes estações de coleta, foram mais intenso nas estações quente (verão) e praticamente nulo na estações mais frias (outono). Considerando estes resultados podemos inferir que a população apresenta tendência à estabilização.pt
dc.description.abstractPimelodus britskii, an endemic species of Iguaçu River basin, has scarce studies involving ontogenetic development and population parameters. So studies involving these characters are of great importance to take protection e conservation measures. This study presents, in the first paper, body proportions and subsidies to differ larval initial developing phases larval of its congenerics. The second paper evaluated changes, over space and time, related to abundancy , sexual proportion, first maturation size, medium lengh , weight /size relation and productive activity. The larvae initially pigmentation was scarce and intensified with the development, the standard length ranged from 2.6 to 13.11mm and myomeres from 34-50. The findings showed negative head length allometry, body height, predorsal length and pre-anal distance from the standard length and head height, snout length and diameter of the eye in relation to head length and structures in all larval stages of development are cartilaginous. 9.204 individuals were captured in nine years in four different collection places. It showed that the population of P.britskii, through different stages and places significant difference in their population parameters. The highest abundance (CPUE), occurred in stage I and Cavernous collection station (Cav). The average length of the population ranged 15.5 ± 6.2 cm, with the largest individuals caught in Stage III and gathering station Candói Yacht Club (Iat). The allometric growth was negative as the best condition factor (K) found in step III and Iat station as also observed for the mean length. The reproductive activity index (IAR), the temporal scale were more intense in stage I and space in Cav station. And in relation to different collection stations were more intense in the warm seasons (summer) and virtually nil in colder seasons (autumn). Considering these results we can conclude that the population has a tendency to stabilize.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectOntogeniapt
dc.subjectPopulation informationpt
dc.subjectMandipt
dc.subjectThe Paraná River basinpt
dc.subjectReservoiren
dc.subjectLarval stageen
dc.subjectDados populacionaispt
dc.subjectBacia do rio Paranápt
dc.subjectReservatóriopt
dc.subjectEstágio larvalpt
dc.titleDesenvolvimento ontogenético larval e variabilidade populacional de Pimelodus britskii em um reservatório neotropicalpt
dc.title.alternativeDontogenetic evelopment and variability population Pimelodus britskii in neotropical reservoiren
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramAquicultura - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaAquicultura em águas continentaispt
unesp.researchAreaBiologia e taxonomia de espécies de peixes de comunidades de água docept
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000872235
dc.identifier.capes33004102049P7
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record