Show simple item record

dc.contributor.authorPompeu, Elisabete Aparecida [UNESP]
dc.date.accessioned2017-01-18T15:22:24Z
dc.date.available2017-01-18T15:22:24Z
dc.date.issued2001
dc.identifierhttp://proex.reitoria.unesp.br/congressos/Congressos/1__Congresso/Difus_o_de_Conhecimentos/Trabalho01.htm
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/148125
dc.description.abstractA iniciativa pretende apresentar como se desenvolvem as atividades do S.O.E. (Serviço de Orientação Educacional) do C.T.A (Colégio Técnico Agrícola ''José Bonifácio") da UNESP - CÂMPUS de Jaboticabal - SP. Trata-se de uma escola profissionalizante em regime de residência e que, num curto prazo de tempo, forma profissionais técnicos em agropecuária. O trabalho realizado pela O.E. (Orientadora Educacional), no referido estabelecimento, é de natureza psicossocial e tem por meta desenvolver, nos orientados, as capacidades e habilidades necessárias para conviver em sociedade, formação profissional, geral, enfrentar e resolver desafios. Buscando atender estes diferentes aspectos, desenvolveu-se um plano de trabalho que possibilite à O. E. lidar e administrar as diferenças existentes no cotidiano escolar procurando envolver todo grupo da escola. Esse trabalho, permite compreender e melhor direcionar as experiências, informações já adquiridas pelos alunos e as que virão durante a sua permanência no estabelecimento de ensino, reorganizando, planejando e implementando novas formas de ação. Cabe ressaltar que, este trabalho, desde seu inicio (1985), até o presente, passou por várias fases e adequações, acompanhando as exigências sociais e atualmente a implantação da nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Num primeiro momento, foi realizado um amplo levantamento e caracterização da clientela, com a finalidade de obter subsídios para elaboração de um projeto de intervenção que compreendesse as necessidades da escola como um todo. De acordo com os resultados obtidos, foram definidas as prioridades. Nesta fase, estabeleceu-se como meta a realização de um trabalho especificamente dirigido ao aluno. Após avaliação do trabalho, verificou-se um grau de insatisfação entre o corpo docente, pois os resultados não correspondiam as respostas tradicionais e disciplinares esperadas por eles, e, consequentemente, desencadeou-se uma série de conflitos. Entretanto, a identificação das possíveis causas destes conflitos levou-nos a estudar, re(pensar) e re(planejar) as atividades da S.O.E, buscando alternativas de ação para minimizar os conflitos. O S.O.E. utilizou-se de diferentes estratégias para organizar um programa de orientação ocupacional. Para esse conjunto de atividades promovidas deu-se o nome de "Atividades de Desenvolvimento Pessoal". Estas compreendem: - Dinâmica de grupo, palestras informativas, visitas técnicas, etc. Diante das diversas áreas de atuação realizadas por esse serviço e em conseqüência do desenvolvimento de suas atividades, é de fundamental importância salientarmos o interesse e a solicitação de outros estabelecimentos de ensino, técnicos ou não, para que a O.E. do C.T.A fosse apresentar o seu trabalho, em suas unidades escolares. Essa troca de experiência profissional vem reafirmar a proposta da multireferencialidade entre as diferentes ciências. O intercâmbio entre as instituições escolares iniciou-se de forma não sistematizada, através de convites solicitando a apresentação do trabalho do S.O E . desenvolvido no C.T.A. A apresentação das atividades do S.O.E. possibilitou aos participantes de outras instituições educacionais a oportunidade de refletir sobre as questões educativas de seu cotidiano escolar, minimizando, assim, os seus conflitos e também a elaboração participativa do projeto de gestão pedagógica, utilizando diferentes métodos e técnicas. Concomitantemente a essas demandas, a O.E. do C.T.A. sempre esteve preocupada em incorporar, em suas atividades, as inquietações do mundo atual. Constatou-se que, neste final de século, as questões ambientais têm estado presente em todos os segmentos sociais, profissionais e nas diferentes áreas de conhecimentos. O S.O.E., estando inserido num contexto de ciências agrárias, entendeu a pertinência de programar atividades que permitissem discutir, refletir e incluir as questões ambientais no processo educativo do C.T.A. A O.E. evidenciou ser mais adequado e estratégico reservar essas questões numa atividade tradicional do C.T.A, a SETA - (Semana de Estudos Agropecuário), realizada anualmente, na qual são desenvolvidos diferentes cursos. Do conjunto de temas abordados durante esta semana estruturou - se um curso cujo tema principal foi - O Desafio do Profissional Frente a Questão Ambiental e elencaremos, a seguir, os assuntos debatidos:- A relação entre meio ambiente e o desenvolvimento tecnológico, a conexão do homem com os recursos naturais e a atividade de produção agropecuária, a água, o solo, o clima. Também foram enfatizados os aspectos políticos, econômicos e, principalmente a legislação ambiental. A partir do desenvolvimento deste curso, programou-se outros eventos com a mesma temática, procurando conduzir o indivíduo a refletir sobre a importância do seu papel no ambiente em que vive. Essas questões passaram a fazer parte da ação do S.O.E. no C.T.A. e em outros estabelecimentos de ensino, quando solicitada. Para atender esta demanda de extensão, a orientadora educacional do C.T.A. organizou-se com professores dos Departamentos de Solos e Adubos e Engenharia Rural do câmpus de Jaboticabal e contou ainda com a assessoria de um professor do Departamento de Psicologia da Educação do Câmpus de Araraquara, estruturando um programa de ação educativa interagindo com questões do desenvolvimento e o equilibrio do meio natural. Formou-se, assim, uma equipe multidisciplinar integrando as diferentes ciências. O eixo da atividade proposta, quando apresentada em outro estabelecimento, consiste em desenvolver o trabalho em um período de oito horas divido em duas etapas de quatro horas cada uma. A primeira etapa inicia-se com a aplicação de diferentes técnicas de dinâmica de grupo, com a finalidade de proporcionar aos participantes momentos de reflexão com bases teóricas nas questões educativas de âmbito geral, aliando -se com as questões ambientais. Na Segunda etapa, apresenta-se um programa de forma mais técnica, onde são abordadas as especificidades dos recursos naturais e os impactos causados pelo seu manejo inadequado. Essa etapa interage com os assuntos abordados no período anterior, explorando desta forma seus aspectos técnicos e sua diversidade. No encerramento do encontro, utilizamos diferentes instrumentos visando avaliar e coletar informações, possibilitando assim, a manifestação dos participantes sobre os trabalhos, permitindo a projeção e o planejamento de novas etapas. As atividades desenvolvidas pela O.E. contam com a aprovação da atual direção do C.T.A; entretanto, vale a pena apontar no âmbito geral, alguns pontos que poderão comprometer nosso trabalho, tais como:- entraves burocráticos e dificuldades em romper os modelos tradicionais, ocasionando, assim, um descompasso que poderá comprometer os resultados. Concluímos, portanto, que com a realização desse trabalho, espera-se uma melhora no processo educativo, no entendimento das ações individuais, coletivas e suas conseqüências para o meio ambiente e a formação de cidadãos críticos e inovadores, estando aptos para enfrentar e resolver desafios além de propiciar um intercâmbio da universidade com a sociedade. Cabe, portanto, estarmos atentos a esses pontos para que possamos modificar o que já existe e romper os paradigmas.pt
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.relation.ispartofCongresso de Extensão Universitária
dc.sourcePROEX
dc.titleO processo educativo: Cidadania?pt
dc.typeResumo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Colégio Técnico Agrícola (CTA) "José Bonifácio" de Jaboticabal, SP
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Colégio Técnico Agrícola (CTA) "José Bonifácio" de Jaboticabal, SP
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Colégio Técnico Agrícola "José Bonifácio", Jaboticabalpt
Localize o texto completo

Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record