Show simple item record

dc.contributor.authorPintaudi, Silvana Maria [UNESP]
dc.contributor.authorFreitas, Maria Isabel Castreghini de [UNESP]
dc.contributor.authorGovone, José Silvio [UNESP]
dc.date.accessioned2017-01-18T18:09:42Z
dc.date.available2017-01-18T18:09:42Z
dc.date.issued2003
dc.identifierhttp://proex.reitoria.unesp.br/congressos/Congressos/2__Congresso/Tecnologia/Tecno09.htm
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/148334
dc.description.abstractIntrodução Os municípios brasileiros, com novas competências colocadas por um novo contexto sócio-econômico e político nacional e mundial, têm se mostrado bastante defasados no que diz respeito à informação, particularmente aquela interna à administração o que dificulta sobremaneira a gestão pública. Objetivos. Elaboração de proposta de cadastro técnico municipal, utilizando uma nova técnica de coleta de dados para a área urbana, caracterizada pela rapidez, fácil manejo e baixo custo. A proposta incluiu também melhoria da capacitação técnica do quadro administrativo e disponibilização dos resultados e recursos para pesquisadores da UNESP. Métodos. A aplicação de técnica alternativa para atualizar o cadastro municipal, comportou a obtenção de imagens aéreas tomadas por videografia. Este recurso de coleta de dados utiliza uma câmera de vídeo de alta resolução disposta na base de uma aeronave para o registro de uma faixa do terreno em meio digital. Um GPS é utilizado para orientação e posicionamento da aeronave. São obtidos recortes do registro no formato de quadros da área imageada, através dos quais pode-se detectar as alterações físicas ocorridas no espaço urbano. O controle é feito por levantamento no campo registrado num boletim de atualização de cadastro imobiliário. Resultados. Realizamos testes em dois bairros da cidade de Rio Claro(SP): Cidade Jardim e Residencial São José, correspondendo a áreas da cidade, com níveis sócio-econômicos distintos, implicando diferentes densidades e modalidades de ocupação. O Bairro Cidade Jardim é de Classe Média Alta, com ocupação predominante de construções de médio a alto padrão, com unidades de lote de 10m x 30m aproximadamente. O Residencial São José é um loteamento popular, lotes padrão de 8m x 17,50m, com módulo de construção mínimo de 25 m2. Setores referentes a quatro quadras de cada bairro foram selecionados para a pesquisa e permitiu comprovar que a técnica proposta é totalmente viável e promissora para fins de Cadastro Técnico. A atualização no Bairro Cidade Jardim mostrou, em 18 lotes, uma diferença de 817,72 m2 que não estão sendo considerados para fins de cobrança de IPTU. Calculando-se essa metragem segundo o que vem sendo cobrado como imposto nesse bairro, teriam que ingressar nos cofres públicos mais R$ 1.019,99, mas que são desconhecidos pela administração. O Residencial São José apresentou um diferencial de 1.256,01 m2 na área construída que não está registrada no Cadastro da Prefeitura e deixam de ser recolhidos aproximadamente R$ 1.469,07 de IPTU. Com essa primeira aproximação estimamos que 25% a mais de IPTU poderia ter sido recolhido em Rio Claro, no ano de 2001, com a atualização cadastral.pt
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.relation.ispartofCongresso de Extensão Universitária
dc.sourcePROEX
dc.titleGestão pública e cadastro técnico: a informação frente as novas competências municipaispt
dc.typeResumo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas de Rio Claro
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas de Rio Claro
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
dc.identifier.lattes4077627276866507
dc.identifier.lattes0534874933112053
dc.identifier.lattes8745379102017462
unesp.departmentPlanejamento Territorial e Geoprocessamento - IGCEpt
unesp.author.lattes4077627276866507
unesp.author.lattes0534874933112053
unesp.author.lattes8745379102017462
Localize o texto completo

Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record