Show simple item record

dc.contributor.advisorReina, Fabio Tadeu [UNESP]
dc.contributor.authorLucifora, Cristiane de Assis [UNESP]
dc.date.accessioned2017-04-19T12:55:00Z
dc.date.available2017-04-19T12:55:00Z
dc.date.issued2017-02-21
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/150338
dc.description.abstractA pesquisa de mestrado intitulado “A reprodução das desigualdades de gênero nos contos de fadas/maravilhosos como marcas circunscritas na Educação Infantil” foi realizado com um grupo de professores que lecionam com crianças de cinco à seis anos de idade no seguimento da Educação Infantil da rede municipal de ensino em uma cidade do interior de São Paulo, tendo como objetivo identificar como se dá o trabalho com os Contos de Fadas/Maravilhosos na prática pedagógica destes professores, identificando se o trabalho com tais contos caminham na direção da ruptura com os conteúdos ideológicos de gênero ou se estes tem sido reproduzidos. Foi utilizado o instrumento metodológico questionário com perguntas abertas baseado nos pressupostos teóricos do autor Pierre Bourdieu. A pesquisa reconheceu que a reprodução está relacionada com os mecanismos formadores de tais professores, seja no âmbito de seu contato com os contos em sua formação identitária com familiares e escolarização ou tendo haver com a formação profissional. A perspectiva teórica crítica fundamentou a dissertação com o referencial bourdieusiano e suas categorias de análises como campus, habitus, trajetória, reprodução, capitais entre outros. Os Contos de Fadas/Maravilhosos assumidos neste trabalho por uma perspectiva histórico-cultural situa a Literatura Infantil como um artefato cultural passível de mudança ao longo da história e assim sendo como um instrumento reprodutor de ideologias presentes na cultura ocidental. Tal reprodução sendo assumido pelo autor Bourdieu como sistema social que tende a assegurar a perpetuação das estruturas sociais ou das relações de ordem que formam a manutenção social.pt
dc.description.abstractThe master's research entitled "Reproduction of gender inequalities in fairy tales/marvels as circumscribed marks in Pré-School" was performed with a group of teachers who teach with children from five to six years in the segment of pré-school at Municipal’s Network Schools in a city in the interior of São Paulo, sought understanding to identify how the work with Fairy Tales/marvels takes place in the pedagogical practice of these teachers, identifying if the work with such tales go on break rupture’s direction with the ideological contents of gender or if they have been reproduced. The methodological tool was a questionnaire with open questions based on the theoretical assumptions of author Pierre Bourdieu. The research acknowledged that the reproduction is related to the training mechanisms of such teachers, either in the context of their contact with the tales in their identity formation with family and schooling or having with the professional training. The critical theoretical perspective grounded the dissertation with the bourdieusiano reference and its categories of analyzes like campus, habitus, trajectory, reproduction, capitals among others. The Fairy Tales / Marvelous in this work from a historical-cultural perspective places Children's Literature as a cultural artifact capable of change throughout history and thus as a reproductive instrument of ideologies present in Western culture. This reproduction is assumed by the author Bourdieu as a social system that tends to ensure the perpetuation of social structures or the relations of order that form social maintenance.en
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectReproduçãopt
dc.subjectGêneropt
dc.subjectPrática pedagógicapt
dc.subjectContos de fadas/Maravilhosospt
dc.subjectReproductionen
dc.subjectGenderen
dc.subjectEducational practiceen
dc.subjectFairy talesen
dc.titleA reprodução das desigualdades de gênero nos contos de fadas/maravilhosos como marcas circunscritas na educação infantilpt
dc.title.alternativeReproduction of gender inequalities in fairy tales/marvels as circumscribed marks in pre-schoolen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramEducação Sexual - FCLARpt
unesp.knowledgeAreaEducaçãopt
unesp.researchAreaSexualidade e educação sexual: interfaces com a história, a cultura e a sociedadept
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquarapt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000884387
dc.identifier.capes33004030083P0
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record