Show simple item record

dc.contributor.advisorMariano, Marcelo Passini [UNESP]
dc.contributor.authorGazzola, Ana Elisa Thomazella [UNESP]
dc.date.accessioned2017-07-31T19:07:49Z
dc.date.available2017-07-31T19:07:49Z
dc.date.issued2017-06-30
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/151231
dc.description.abstractO objetivo desta pesquisa é comparar dois momentos do desenvolvimento institucional do Mercosul, tendo como eixo estruturante a revisão institucional de 2004. Para a realização deste objetivo, se faz necessário avaliar a evolução do bloco em dois períodos: de sua configuração institucional em 1994 até os antecedentes da revisão em 2004; e, a partir de 2004, com os debates acerca da criação de novas instituições e o surgimento de novos temas na agenda da integração até 2014. Para isto, se fez necessário entender os antecedentes da formação do bloco, ou seja, o fortalecimento das relações bilaterais entre Brasil e Argentina e o período de transição do bloco (1991-1994). Durante a primeira fase da integração, foram apresentadas as variáveis acompanhadas durante a pesquisa, principalmente a perpetuação das assimetrias sociais e de poder entre os membros do bloco, com foco nas crises enfrentadas especialmente no final da década de 1990. A segunda fase foi tratada a partir da revisão institucional de 2004, explorando o contexto das mudanças de forças políticas na região e a revisão histórica do regionalismo sul-americano. Por fim, a análise da institucionalidade do Mercosul foi realizada por meio da comparação desses dois dos momentos.pt
dc.description.abstractThis master dissertation aims to compare two different moments of Mercosur's institutional development, having as its structural axis the institutional revision of 2004. In order to achieve this objective, it is necessary to evaluate the evolution of the bloc in two periods: from its institutional configuration in 1994 to the institutional review in 2004; as well as from 2004 the debates about the creation of new institutions and the emergence of new themes in the integration agenda until 2014. For this, it was necessary to understand the antecedents of the formation of the bloc, that is, the strengthening of relations between Brazil and Argentina and the transition period of the bloc (1991-1994). During the first phase of regional integration, the variables followed during the research were presented, mainly the perpetuation of social and power asymmetries among the members of the bloc, focusing on crises especially faced in the late 1990s. From the institutional review of 2004, exploring the context of changes in political forces in the region and the historical review of South American regionalism. Finally, the Mercosur institutional analysis was carried out by comparing these two moments.en
dc.description.sponsorshipOutra
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectMercosulpt
dc.subjectRevisão institucionalpt
dc.subjectRegionalismopt
dc.subjectIntegração regionalpt
dc.subjectMercosuren
dc.subjectInstitutional reviewen
dc.subjectRegionalismen
dc.subjectRegional integrationen
dc.titleO Mercosul em dois momentos: uma análise a partir das revisões institucionais de 1994 e 2004pt
dc.title.alternativeEl Mercosur en dos momentos: una análisis a partir de las revisiones institucionales de 1994 e 2004es
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramRelações Internacionais (UNESP - UNICAMP - PUC-SP) - FFC
unesp.knowledgeAreaInstituições, Processos e Atores
unesp.researchAreaIntegração Regional
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Filosofia e Ciências, Marília
unesp.embargoOnline
dc.identifier.aleph000889677
dc.identifier.capes33004110044P0
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record