Show simple item record

dc.contributor.advisorTenani, Luciani Ester [UNESP]
dc.contributor.authorFiel, Roberta Pereira
dc.date.accessioned2018-05-02T23:42:08Z
dc.date.available2018-05-02T23:42:08Z
dc.date.issued2018-03-22
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/153831
dc.description.abstractEsta dissertação trata da caracterização longitudinal da escrita de alunos do EF II no que diz respeito às chamadas hipossegmentações de palavras escritas – como “puraqui” (“por aqui”), nas quais há a ausência não-convencional de fronteira gráfica. Nossos objetivos são: (i) identificar, por meio de análise quantitativa, se há correlação (ou não) entre número de hipossegmentações e tempo de escolarização; e (ii) descrever qualitativamente as hipossegmentações, quanto a aspectos prosódicos dos enunciados falados e aspectos gráficos relativos às informações da própria convenção ortográfica. Para alcançar esses objetivos, nos baseamos, por um lado, em aparato teórico da fonologia prosódica, modelo relation-based, que concebe a existência de sete constituintes prosódicos que estruturam os enunciados das línguas do mundo; por outro lado, em abordagem da escrita como constituída de modo heterogêneo. Dos resultados obtidos na análise quantitativa, destacamos que há correlação entre aumento dos anos de escolarização e diminuição de ocorrência de hipossegmentação. No que se refere aos resultados quantitativos das estruturas envolvidas, destacamos: (i) a junção entre clítico e palavra prosódica é a característica do maior conjunto de dados; (ii) a junção entre dois clíticos é a segunda estrutura mais recorrente, predominando a hipossegmentação “oque”; (iii) a junção entre duas palavras prosódicas, a terceira mais recorrente no material analisado, decorre da mobilização de várias características linguísticas, como a hipossegmentação de estruturas perifrásticas que constituem exemplos de mudança linguística em curso; (iv) a junção de palavra prosódica e clítico é a estrutura menos recorrente, sendo a maioria dos dados decorrente da combinação de palavras com a ausência do hífen, que levou à formação de possíveis palavras prosódicas; (v) a junção envolvendo mais de uma palavra prosódica e/ou clítico ocorreu apenas em três dados, que abrangem estruturas como a frase entoacional e o enunciado fonológico. No que se refere aos resultados qualitativos, a partir de análise de cunho linguístico-textual, os casos em que há a flutuação entre convencional e não-convencional: (i) se distinguem entre si pela configuração prosódica, gramatical e linguística-textual; (ii) são indícios mais explícitos da inserção dos alunos em práticas orais/faladas e letradas/escritas; (ii) são marcas do complexo processo que envolve o Outro como instância representativa da linguagem (e da escrita em particular), a escrita na complexidade de seu funcionamento (heterogeneamente constituída) e o aluno enquanto sujeito escrevente. A principal contribuição desta dissertação está em: (i) fazer análise quantitativa e qualitativa de hipossegmentações no EF II; e (ii) evidenciar a complexidade que subjaz às relações entre prosódia e escrita por meio da segmentação não-convencional de palavras.pt
dc.description.abstractThis work deals with the longitudinal characterization of the writing by students from Junior High School (EF II in Brazil) with respect to the hyposegmentations of written words in which there is the unconventional absence of graphic frontier (e.g. "puraqui" - "por aqui" in Portuguese - "around here" in English). To reach these objectives, we are based on a theoretical apparatus of prosodic phonology, on the one hand, a relation-based model, which conceives the existence of seven prosodic constituents that structure the utterances of the world's languages; and, on the other hand, in the approach of writing as constituted in a heterogeneous way. From the results obtained in the quantitative analysis, we highlight that is a correlation between the increase in the years of schooling and a decrease in the occurrence of hyposegmentations. Regarding the quantitative results of the structures, we highlight: (i) the junction between clitic and prosodic word is the characteristic of the largest data set; (ii) the junction between two clitics is the second most recurrent structure; (iii) the junction between two prosodic words, the third most recurrent in the material analyzed, derives from the mobilization of several linguistic characteristics, such as the hyposegmentation of periphrastic structures that are examples of linguistic change in progress; (iv) the prosodic and clitic word junction is the least recurrent structure, most of which results from the combination of words with the absence of the hyphen, which led to the formation of possible prosodic words; (v) the junction involving more than one prosodic and / or clitic word occurred only in three data, covering structures such as the intonational phrase and phonological utterance. Regarding the qualitative results, from a linguistic-textual analysis, we highlight that the cases in which there is a fluctuation between conventional and unconventional are: (i) distinguished by their prosodic, grammatical and linguistic-textual configuration ; (ii) more explicit indications of students' insertion into oral / spoken practices and literacy / written practices; (ii) marks of the complex process involving the Other as an instance representative of language (and writing in particular), writing in the complexity of its functioning (heterogeneously constituted) and the student as a writing subject. The main contribution of this work is: (i) to make a quantitative and qualitative analysis of hyposegmentations in by students from Junior High School (EF II) in Brazil Elementary School; and (ii) to show the complexity that underlies the relations between prosody and writing through unconventional segmentation of words.en
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectPalavrapt
dc.subjectSegmentação não-convencionalpt
dc.subjectHipossegmentaçãopt
dc.subjectProsódiapt
dc.subjectPráticas orais/faladaspt
dc.subjectPráticas letradas/escritaspt
dc.subjectEnsino Fundamental IIpt
dc.subjectWorden
dc.subjectUnconventional word segmentationen
dc.subjectHyposegmentationen
dc.subjectProsodyen
dc.subjectOral/ spoken practicesen
dc.subjectLiteracy/written practicesen
dc.subjectJunior High School (EF II - Brazil)en
dc.titleEstudo longitudinal de hipossegmentações em textos do Ensino Fundamental IIpt
dc.title.alternativeLongitudinal study of hyposegmentations in texts of Junior High Schoolen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.description.sponsorshipIdFAPESP (Processo Nº 2015/26763-6)
unesp.graduateProgramEstudos Linguísticos - IBILCEpt
unesp.knowledgeAreaAnálise linguísticapt
unesp.researchAreaOralidade e Letramentopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas, São José do Rio Pretopt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000901104
dc.identifier.capes33004153069P5
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record