Show simple item record

dc.contributor.advisorTenani, Luciani Ester [UNESP]
dc.contributor.authorGarcia, Simone Rizzatto Albertini
dc.date.accessioned2018-05-24T12:34:29Z
dc.date.available2018-05-24T12:34:29Z
dc.date.issued2018-04-06
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/154069
dc.description.abstractNesta dissertação, o objetivo é identificar regularidades que possam ser típicos do processo de aquisição de escrita da grafia de consoantes nasais em posição de coda silábica do português brasileiro. A sílaba é considerada quanto a características fonéticas e fonológicas. Sob o aspecto fonético, a posição de coda silábica corresponde a um momento de redução de energia, o que pode tornar os segmentos que preenchem essa posição da sílaba menos audíveis. Sob o aspecto fonológico, a coda é um constituinte não-imediato da sílaba que apresenta várias restrições quanto ao seu preenchimento. A nasalidade apresenta uma complexidade decorrente de aspectos fonéticos aliados a uma discussão na literatura a respeito de sua representação fonológica. Soma-se, ainda, o fato de a nasal em coda no português brasileiro apresentar, sob o aspecto gráfico, três possibilidades de registro ortográfico (<m>, <n> e <~>). O córpus é constituído de grafias de palavras produzidas em ambiente escolar por alunos do primeiro ano do Ensino Fundamental em uma escola privada do noroeste paulista. As grafias de coda foram identificadas a partir de dezessete propostas de escrita, incluindo listas, músicas, parlendas, trava-língua, receita culinária, propostas de listas a partir de imagens. A metodologia consiste de análise quantitativa e qualitativa das grafias de coda. Os dados foram organizados de acordo com (i) registro de sílabas CVC/VC/CCVC com codas consonantais <S, L, R, N>, (ii) não registro de sílaba com coda nasal, (iii) registro não-convencional de rima com coda nasal, (iv) registro convencional de coda nasal. Esses registros foram analisados segundo os seguintes critérios linguísticos: vogal no núcleo silábico; posição da sílaba dentro da palavra; tonicidade da sílaba; número de sílabas da palavra e registro ortográfico. Foi observada a tendência de a grafia do segmento em coda nasal ser o último a ser registrado em comparação com os outros segmentos consonantais nessa mesma posição silábica, quando consideradas produções escritas ao longo do primeiro ano do Ensino Fundamental. Ao final do primeiro ano letivo, os sujeitos analisados flutuavam entre grafar e não grafar convencionalmente a coda nasal (como “aveca”, “avenca”), evidenciando a aquisição da sílaba com coda nasal, embora ainda não tendo dominado a convenção ortográfica do registro da nasalidade distintiva (“quen”). As grafias não-convencionais encontradas nos dados levantados podem ser explicadas a partir do trânsito do sujeito escrevente por práticas orais e letradas, uma vez que, em sua produção escrita, os sujeitos ancoram-se em características fonético-fonológicas dos enunciados falados e, também, em características ortográficas dos enunciados escritos.pt
dc.description.abstractThe goal of the present dissertation is to identify patterns that may be typical of the acquisition process of writing the spelling of nasal consonants in syllable coda position of Brazilian Portuguese. The syllable takes into consideration both phonetic and phonological features. Under the phonetic aspect, the syllable coda position corresponds to a moment of energy reduction, which can make the segments that fill this position of the syllable less audible. Under the phonological aspect, the coda is a non-immediate constituent of the syllable that has many restrictions on your filling. The nasality presents a complexity due to phonetic aspects combined with a discussion in the literature about its phonological representation. This also happens due to the fact that the coda in Brazilian Portuguese nasal presents, under the graphic aspect, three possibilities of Registry Checker (<m>, <n> and <~>). The córpus consists of spellings of words produced in schools for students of the first year of elementary school in a private school in the Northwest of São Paulo. The spellings of coda were identified from seventeen written proposals, including lists, songs, nursery rhymes, tongue twisters, cooking recipes, lists proposals from images. The methodology consists of quantitative and qualitative analysis of the spellings of coda. The data was organized according to (i) record of syllables CVC/VC/ CCVC with consonant codas < S, L, R, N >, (ii) no record of syllables with nasal coda, (iii) non-conventional record rhymes with nasal coda, (iv) conventional record nasal coda. These records were analyzed according to the following criteria: linguistic vowel in the syllable nucleus; syllable position within the word; the tone syllable; number of syllables of the word and spelling record. It was observed the likelihood of the spelling of the segment in nasal coda to be the last to be recorded in comparison with the other consonantal segments on the same syllabic position, when considered written productions throughout the first year of elementary school. At the end of the first academic year, the subjects examined floated between carve and carve not conventionally the nasal coda (as "aveca", "avenca"), evidencing the acquisition of syllables with nasal coda, although not yet having mastered the orthographic Convention of record of distinctive nasality ("quen"). The unconventional spellings found in the data collected can be explained from the subject's transit clerk for oral and literate practices, since in your written work, the subject anchor-quality features-phonetic utterances spoken of phonological and orthographic features of written statements.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectCoda nasalpt
dc.subjectSílabapt
dc.subjectOrtografiapt
dc.subjectLíngua portuguesapt
dc.subjectEnsino fundamentalpt
dc.subjectNasal codapt
dc.subjectSyllableen
dc.subjectSpellingen
dc.subjectPortuguese languageen
dc.subjectElementary schoolen
dc.titleGrafias de coda nasal em textos do primeiro ano do Ensino Fundamental Ipt
dc.title.alternativeSpellings of nasal coda in texts of the first year of elementary schoolen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramEstudos Linguísticos - IBILCEpt
unesp.knowledgeAreaAnálise linguísticapt
unesp.researchAreaOralidade e letramentopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas, São José do Rio Pretopt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000902173
dc.identifier.capes33004153069P5
dc.identifier.lattes7563247206294663
unesp.author.lattes7563247206294663
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record