Show simple item record

dc.contributor.advisorCarvalhal, Marcelo Dornelis [UNESP]
dc.contributor.authorLetta, Bárbara Regina Bertoni [UNESP]
dc.date.accessioned2018-09-19T17:26:19Z
dc.date.available2018-09-19T17:26:19Z
dc.date.issued2014-01-20
dc.identifier.citationLETTA, Bárbara Regina Bertoni. Imposição do trabalho abstrato pelo capital na modernização periférica brasileira: uma proposta reflexiva. 2014. 91 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Geografia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Câmpus Experimental de Ourinhos, 2014.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/156200
dc.description.abstractThe Brazilian national formation was objected through the total process inferred to the world as capital came to be, since the XV century in Europe, in the context of the great oceanic travels of the time, and reached it's high point at the colonial exploration by the metropolis - two realities of a same logical circuit, determined by a historical process. Establishing the relation between center and periphery of a same world development system, the modern worldwide merchandise production. Parts of a whole. We can, therefore, assess that Brazil was born modern. The simultaneous nature of this process, this complex and deep reality, the turns effective the need to form a new nation, a modern and new country, maintainer of the dominant order, of production of capital, hence it's purpose as a nation. In the Brazilian experience, this intrinsic and extrinsic process of sociability mediated already by abstractions and built in capitalist institutions, abstract work and the conditions of modern State are reproduced. In the periphery, as well as in the center of the system, these categorical forms of analysis of capitalism in its modern movement materialize. We admit, therefore, that this form of society was first internalized in the individual conscience, from the book critic to the social scientist towards the effort to elaborate critical social theories. We propose confusion in our own conscienceen
dc.description.abstractA formação nacional, brasileira, foi objetivada através do processo civilizatório e totalizador depreendido ao mundo quando da gênese do capital, a partir do século XV na Europa, no contexto das grandes navegações, que culminou com o estabelecimento da exploração colonial pela metrópole, duas realidades de um mesmo circuito lógico determinado historicamente. Estabelecendo a relação entre centro e periferia de um mesmo sistema de desenvolvimento mundial, do moderno sistema produtor de mercadorias. Partes de um mesmo todo. Afere-se, portanto que o Brasil já nasceu moderno. A simultaneidade deste processo, de uma realidade complexa e profunda, de efetivação da necessidade da formação de uma nova nação, um país novo e moderno, mantenedor da lógica imanente do sistema posto, da produção e acumulação de capital, assim a nação se realiza através destes sentidos de formação. Sendo assim, na experiência brasileira, neste processo intrínseco e extrínseco da sociabilidade mediada já por abstrações e edificado as instituições organizacionais capitalistas, o trabalho abstrato e as condições do estado moderno estão reproduzidos. Na periferia, bem como se deu no centro do sistema capitalista, estas formas categoriais para analise do capitalismo em sua forma de ser na periferia do sistema, pelo movimento modernizante se concretiza. Admite-se que em sendo assim, a sociabilidade e a mediação internalizadas a priori na consciência do indivíduo, tanto do crítico literário quanto dos cientistas sociais frente ao esforço para elaboração de teorias sociais da crítica, o que se coloca é a confusão da consciência de nós mesmospt
dc.format.extent91 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectTrabalhopt
dc.subjectCapital (Economia)pt
dc.subjectTeoria críticapt
dc.titleImposição do trabalho abstrato pelo capital na modernização periférica brasileira: uma proposta reflexivapt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências, Tecnologia e Educação, Ourinhospt
dc.identifier.aleph000891802
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2017-11-06/000891802.pdf
dc.identifier.lattes6850217297754540
unesp.undergraduateGeografia - Ourinhospt
unesp.advisor.lattes6850217297754540
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record