Show simple item record

dc.contributor.advisorPucci, Cesar Rogério [UNESP]
dc.contributor.advisorTorres, Carlos Rocha Gomes [UNESP]
dc.contributor.authorPampuri, Camila Reis [UNESP]
dc.date.accessioned2018-09-19T17:27:50Z
dc.date.available2018-09-19T17:27:50Z
dc.date.issued2017-11-09
dc.identifier.citationPAMPURI, Camila Reis. Efeito da aplicação de laser e fosfato de cálcio na permeabilidade e resistência de união da dentina humana. 2017. . Trabalho de Conclusão de Curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Ciência e Tecnologia, São José dos Campos, 2017.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/156565
dc.description.abstractThe objective of this study was to evaluate in vitro the effect of the use of calcium phosphate and application of laser in the permeability of human dentin and bond strength, modifying the application technique of the universal adhesive system for the purpose of forming a dentine with permeability reduced. Dentine discs were used with approximately 6mm in diameter and 1,5mm height, obtained from healthy human molars. Dentin permeability was measured in four stages: initial, maximum, during treatment and after treatment. After specimens standarization (n = 40) were divided into two groups with (CFC) and without (SFC) the application of calcium phosphate and then was divided into two subgroups, resulting in 4 subgroups (n = 10):, AL- Adhesive + Laser, FAL- Calcium phosphate + Adhesive + Laser, LAL- Laser + adhesive + Laser, FLAL- Calcium phosphate + Laser + Adhesive + Laser. The application of Nd: YAG laser with energy of 60 mJ was without contact. The results of permeability showed that groups LAL (Laser + Adesivo + Laser)(p=0,005) e FLAL (Fosfato + Laser + Adesivo + Laser) (p=0,0001) promoted significant reduction betwen inicial and final permeability. We used the Single Bond Universal (3MESPE) and after curing we restored with Filtek Z 350 XT (3M ESPE) of approximately 1mm in diameter. The specimens was submitted to 1000 thermal cycles, and later was used microtensile test. The data were submitted to the Tukey test (α = 5%). It was observed that in the bond strength the Phosphate application presented the highest mean, which differed statistically from the group without application of the Phosphate and the different treatments did not present statistically significant differences. In addition, they were observed in scanning electron microscopy (SEM)....(Complete abstract eletronic access below)en
dc.description.abstractO objetivo deste estudo foi avaliar in vitro o efeito da utilização do fosfato de cálcio e aplicação de laser na permeabilidade e resistência de união da dentina humana, modificando as técnicas de aplicações do sistema adesivo universal com a finalidade de formar uma dentina com permeabilidade reduzida. Foram utilizados discos de dentina com aproximadamente 6mm de diâmetro e 1,5mm de altura, obtidos de molares humanos hígidos. A permeabilidade dentinária foi mensurada em diferentes momentos. Os espécimes (n=40) foram divididos em dois grupos com e sem a aplicação do fosfato de cálcio e depois foram novamente subdivididos em dois subgrupos, resultando em 4 subgrupos (n=10): AL- Adesivo + Laser, FAL- Fosfato de Cálcio + Adesivo + Laser, LAL- Laser + Adesivo + Laser, FLAL- Fosfato de Cálcio + Laser + Adesivo + Laser. A aplicação do Laser Nd: YAG com energia a 60 mJ foi sem contato. Foi utilizado o sistema adesivo Single Bond Universal (3M-ESPE). Os espécimes foram submetidos a 5000 ciclos térmicos e 120.000 ciclos mecânicos, e posteriormente foi utilizado o teste de microtração. Os grupos foram comparados entre si e em cada momento da avaliação utilizando ANOVA a um fator. Os percentuais de permeabilidade inicial e após o tratamento de cada grupo foi comparado usando o teste t não pareado. Não foram observadas diferenças significativas entre os grupos na permeabilidade inicial (p=0,48) e após o tratamento (p=0,70). O percentual de permeabilidade após o tratamento foram (AL: 39,09; LAL: 35,78; FAL: 34,23; FLAL: 30,25). O teste t não pareado apresentou diferenças significativas apenas para os grupos LAL (Laser + Adesivo + Laser) (p=0,005) e FLAL (Fosfato + Laser + Adesivo + Laser) (p=0,0001) que promoveram uma redução significativa da permeabilidade em relação à inicial. Após a fotopolimerização do adesivo foi aplicado uma camada de 3mm com a resina composta ...(Resumo completo,clicar acesso eletrônico abaixo)pt
dc.format.extent57 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectPermeabilidadept
dc.subjectFosfato de cálciopt
dc.subjectLasers em odontologiapt
dc.subjectResistência de materiaispt
dc.titleEfeito da aplicação de laser e fosfato de cálcio na permeabilidade e resistência de união da dentina humanapt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Ciência e Tecnologia, São José dos Campospt
dc.identifier.aleph000899632
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2018-05-10/000899632.pdf
unesp.undergraduateOdontologia - ICTpt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record