Show simple item record

dc.contributor.advisorPorém, Maria Eugênia [UNESP]
dc.contributor.authorBueno, Daniele Aparecida
dc.date.accessioned2018-10-23T14:37:37Z
dc.date.available2018-10-23T14:37:37Z
dc.date.issued2018-08-29
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/157387
dc.description.abstractDiante do cenário midiatizado atual e de relações sociais cada vez mais complexas, as organizações são desafiadas a repensar sobre seus processos, a exemplo da comunicação e da estratégia, que se constituem como foco deste estudo. Frente às instabilidades e fluidez desse cenário marcado pela intensa presença das mídias na dinâmica social, muitas organizações passam a transpor a esse novo panorama antigas lógicas herdadas de pensamentos e modelos de gestão que se consolidaram durante a Revolução Industrial. Nesse período, prevalecia uma abordagem simplificadora no modo de desenvolver ações e de estruturar os processos organizacionais. Na tentativa de aproximarem-se de seus interlocutores, elas tendem a desenvolver estratégias de comunicação, por exemplo, a partir de modelos e modismos que limitam-se a escolhas de canais de comunicação para emitir mensagens de um emissor – a organização –, evidenciando a lógica funcionalista, sem refletirem sobre a complexidade estratégica e comunicacional que envolve todo o processo e sobre a necessidade de pensar para além dos aspectos técnicos ao interagirem com os sujeitos. Por este motivo apresenta-se, neste trabalho, a comunicação estratégica como uma proposta integradora que pode nortear as ações organizacionais, incluindo as ações estratégicas de comunicação. Entende-se que a comunicação estratégica pode ser compreendida a partir de uma essência comunicacional para além de sua espontaneidade, sendo voltada e direcionada à ação. Parte-se do pressuposto de que prevalecem nas organizações estratégias de comunicação majoritariamente de cunho instrumental, distanciando-se de uma consciência integradora de comunicação estratégica. Para tanto, este trabalho tem como objetivo refletir sobre os conceitos de comunicação e de estratégia nas organizações em contexto midiatizado, a partir da identificação das estratégias de comunicação em organizações de diferentes portes, buscando compreender se essas se aproximam de uma lógica informacional ou se possibilitam uma perspectiva norteadora à comunicação estratégica. Assim, este trabalho caracteriza-se como de natureza conceitual e aplicada, e de abordagem qualitativa, composto por uma etapa inicial voltada ao referencial teórico desenvolvido por meio de pesquisa bibliográfica e uma segunda fase empírica que se constitui de entrevista semiestruturada junto a três empresas de micro, pequeno e médio porte do segmento “Alimentação Fora do Lar” da cidade de Bauru/SP. Por fim, verificou-se que, embora as organizações pertencentes à amostra apresentem um sentido relacional no contato face a face junto aos seus públicos, ao desenvolverem ações direcionadas trabalham mais as estratégias de comunicação sob um viés funcionalista, acreditando ser um impasse para a constituição da comunicação estratégica como essência norteadora. Por fim, espera-se que esta pesquisa possa contribuir para os estudos da comunicação organizacional, especificamente da comunicação estratégica e instigue novas reflexões sobre a temática.pt
dc.description.abstractIn view of the current mediated scenario and increasingly complex social relations, organizations are challenged to rethink their processes, such as communications and strategy, which are the focus of this study. In the face of the instabilities and fluidity of this scenario marked by the intense presence of the media in the social dynamics, many organizations begin to transpose to this new panorama old logics inherited from thoughts and management models that were consolidated during the Industrial Revolution. During this period, a simplifying approach prevailed in the way of developing actions and structuring organizational processes. As an attempt to get closer to their interlocutors, they tend to develop communication strategies, for example, from models and fads that are limited to the choices of communication channels to emit messages from a source - the organization, evidencing the functional logic, without reflecting on the strategic and communicational complexity that involves the whole process and the need to think beyond the technical aspects when interacting with the subjects. For this reason, strategic communication is presented as an integrative proposal that can guide organizational actions, including strategic communication actions. It is understood that strategic communication can be comprehended from a communicational essence beyond its spontaneity, being directed to action. It is based on the hypothesis that communication strategies predominate in organizations, mainly as an instrumental nature, distancing themselves from an integrating consciousness of strategic communication. In order to do so, this work aims to reflect on the concepts of communication and strategy in organizations in a mediatized context, from the identification of communication strategies in organizations of different sizes, seeking to understand if they approach an informational logic or if they enable a guiding perspective for strategic communication. Thus, this work is characterized as a conceptual and applied one, and also has a qualitative approach, consisting of an initial stage focused on the theoretical framework developed by means of bibliographical research and a second empirical phase that consisted of a semi-structured interview with three micro, small and medium-sized companies, in the Food Service segment in Bauru city SP. As results, it was verified that, although the organizations belonging to the sample have a relational sense in the face-to-face contact with their publics, in developing directed actions, communication strategies work under a functionalist bias, believing it to be a deadlock for the strategic communication as the guiding principle. Finally, it is expected that this research can contribute to the study of organizational communication, specifically strategic communication and instigate new studies on the subject.en
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectComunicação estratégicapt
dc.subjectEstratégias de comunicaçãopt
dc.subjectOrganizaçõespt
dc.subjectMidiatizaçãopt
dc.subjectMicro pequena e média empresapt
dc.subjectStrategic communicationen
dc.subjectCommunication strategiesen
dc.subjectOrganizationsen
dc.subjectMediatizationen
dc.subjectMicro small and medium companiesen
dc.titleComunicação estratégica e estratégias de comunicação nas organizações em contexto midiatizado: a perspectiva da micro, pequena e média empresa do setor de alimentação fora do lar de Bauru/SPpt
dc.title.alternativeStrategic communication and communication strategies in organizations in a mediatized context: the perspective of the micro, small and medium-sized companies of the food service segment of Bauru / SPen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramComunicação - FAACpt
unesp.knowledgeAreaComunicação midiáticapt
unesp.researchAreaGestão e políticas da informação e da comunicação midiáticapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Arquitetura, Artes, Comunicação e Design, Baurupt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000909262
dc.identifier.capes33004056081P4
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record