O sistema passará por manutenção no dia 10/02/2023 e ficará indisponível

Show simple item record

dc.contributor.advisorCosta Neto, João Moreira da [UNESP]
dc.contributor.authorSilva, Aline Cavalcanti Pereira da
dc.date.accessioned2019-06-27T15:39:35Z
dc.date.available2019-06-27T15:39:35Z
dc.date.issued2019-05-28
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/182409
dc.description.abstractA avaliação e o tratamento das afecções orais servem como instrumento clínico e de sanidade de animais domésticos e selvagens. A detecção das lesões orais, em animais em cativeiro, ocorre mais frequentemente após a manifestação dos sinais clínicos das afecções como anorexia, perda de peso, ptialismo, mudanças na preensão e mastigação do alimento, dor e desconforto. A cavidade oral e seus componentes apresentam como função básica a apreensão e mastigação dos alimentos, defesa e predação, auxilia no mecanismo da fonação, bem como, servir como ferramenta para a limpeza corpórea. Traumas e microrganismos patogênicos são as principais causas das doenças relacionadas à saúde oral dos animais em cativeiro, promovendo inflamação dos tecidos moles, abrasão, erosão, reabsorção e desgaste dentário, podendo agravar estes quadros a depender do manejo nutricional oferecido aos animais. A prevenção da ocorrência de enfermidades orais é fundamental para que se mantenha a sanidade geral dos plantéis, evitando a necessidade de realização de procedimentos cirúrgicos sofisticados, trabalhosos e de alto custo, gera a eficiência dos processos digestórios, contribuindo para a manutenção da saúde geral, melhorando suas habilidades reprodutivas, aumentando sua expectativa de vida e melhorando substancialmente a qualidade de vida dos animais. Estas descrições ainda são pouco delineadas em animais silvestres, principalmente relacionando a análises microbiológicas da cavidade oral. Diante da relevância da saúde bucal nos animais silvestres, justifica-se este estudo, que fornecerá dados de aplicabilidade imediata nos campos da clínica e odontologia veterinárias. Assim sendo, a hipótese é que a identificação das lesões auxiliará na prevenção das mesmas e a medicina odontológica veterinária instaurada preventivamente contribui para reduzir problemas estomatognáticos e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida dos animais, habilidades reprodutivas, expectativa de vida e a conservação das espécies.pt
dc.description.abstractAssessment is the treatment of oral conditions that act as a clinical and hygiene test for domestic and wild animals. The detection of oral lesions in captive animals occurs more frequently after manifestations such as anorexia, weight loss, participation, changes in chewing and food, pain and discomfort. The oral cavity and its basic components such as the initial feeding and chewing of food, defense and predation, assist in the fermentation mechanism, as well as serve as a tool for bodily cleansing. Trauma and pathogenic microorganisms are the main causes of diseases related to oral health of active animals, promoting soft tissue inflammation, abrasion, erosion, reabsorption and dental wear, which may aggravate these conditions depending on the nutritional management offered to the animals. The prevention of the transmission of diseases is fundamental to maintain a general sanity of the plants, avoiding the need for sophisticated surgical procedures, work and higher costs, generation of digestive processes, contribution to the maintenance of general health, its swains of the quality of life. These descriptions are still poorly delineated in wild animals, mainly related to microbiological of the oral cavity. Given the relevance of oral health in wild animals, this study is justified, which provides data of immediate application in the fields of veterinary clinic and dentistry. Thus, identification is an auxiliary tool to prevent them and a veterinary dental medicine effectively established to prevent the occurrence of stomatognathic problems and, consequently, improve the quality of life of the animals, reproduce, life expectancy and conservation of species.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.subjectPrimataspt
dc.subjectAfecções oraispt
dc.subjectMicrobiologiapt
dc.titleDiagnóstico e tratamento de afecções orais em macacos prego (Sapajus sp.) mantidos em cativeiropt
dc.title.alternativeDiagnosis and treatment of oral affections on capuchin monkeys (Sapajus sp.) maintained in captivityen
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramCirurgia Veterinária - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaCirurgia veterináriapt
unesp.researchAreaOdontologia veterinária.pt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000918033
dc.identifier.capes33004102069P8
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record