Show simple item record

dc.contributor.advisorBinato, Cláudia Valéria Penavel
dc.contributor.authorBernardo, Karina Cristine
dc.date.accessioned2021-07-21T16:19:52Z
dc.date.available2021-07-21T16:19:52Z
dc.date.issued2021-05-25
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/213511
dc.description.abstractO ensino da escrita vem sendo alvo de estudos e pesquisas tanto de estudantes quanto de pesquisadores renomados na área da linguagem, nas mais variadas instituições educacionais, e põe em evidência os desafios que surgem, durante as aulas de produção textual, seja no planejamento de atividades de escrita, seja no modo de correção e intervenção realizadas pelo professor. Referente a essa questão, o presente trabalho se ocupou da pesquisa sobre escrita, revisão e reescrita como processo de aperfeiçoamento da modalidade escrita. Ao considerar que a escola precisa de estratégias que dinamizem as atividades de correção textual, o estudo recorreu à Concepção Dialógica, apresentada por Bakhtin (2006), que defende a linguagem como interação, e centrou-se na escrita como um trabalho que abrange: proposta bem elaborada, objetivo claro, interlocutor real, planejamento, revisão e reescrita. A proposição apresentada buscou exemplificar como a reescrita pode ser desenvolvida a fim de tornar o ato de correção textual ágil e assertivo, principalmente no que diz respeito à capacidade redacional do sujeito, enquanto autor de seu discurso. O objetivo deste projeto seria analisar que contribuição as atividades de reescrita textual podem dar para a evolução do aluno do Ensino Fundamental II, mediante progressiva aquisição da prática de escrever, revisar e reescrever, estando ele atento às questões linguísticas, na produção textual do gênero Comentário. Este trabalho seria realizado com alunos da Escola Estadual “Professora Matilde Vieira”, localizada no município de Avaré /SP, pertencente à Diretoria de Ensino dessa cidade, e tem por base teórica os trabalhos de SERAFINI (1984), GERALDI (1997), MENEGASSI (1998), RUIZ (1998), ANTUNES (2003), POSSENTI (2005) e PASSARELLI (2012), dando ênfase à mediação do professor na correção textual interativa, por meio da “contrapalavra”, durante as atividades de revisão e reescrita, bem como ao caráter dialógico da relação entre o sujeito-autor e o professor-revisor, interlocutores desse processo. No entanto, devido à pandemia e ao contexto atual em que se encontram as atividades escolares desde março de 2020, o Conselho Gestor do Programa Profletras considerou o distanciamento social necessário para o enfrentamento da Covid 19, causadora da crise sanitária que impediu a realização das atividades presenciais de intervenção didática. Assim, como resultado desta pesquisa foi elaborado um caderno pedagógico, com um roteiro detalhado de atividades de escrita, revisão e reescrita, que deverá servir de elo entre a teoria estudada e a prática da sala de aula.pt
dc.description.abstractTeaching people how to write has been the subject of studies and research for many students and renowned language researchers from diverse educational institutions. Research shows challenges come from text production: in planning writing activities, or in text correction and intervention, provided by the teacher. This research is about rewriting as a process of improving the written form. As schools need strategies for text correction activities, this study used the Dialogical Conception presented by Bakhtin (2006), which defends language as an interaction and defines writing as a work comprised of a well elaborated proposal, a clear objective, and an actual interlocutor; as well as planning, reviewing and rewriting. This proposal sought to exemplify how rewriting can be developed in order to make text correction agile and assertive, especially regarding the subject’s progress as author. This project aims to analyze how the activities of text rewriting can contribute to the evolution of Elementary school students, in a way they acquire progressive practice in writing, revising and rewriting, emphasizing linguistic issues through text productions of the Commentary genre. The workshop would be done with students from the São Paulo State School “Professora Matilde Vieira”, located in the city of Avaré, part of the Teaching Directorate of said municipality. The theoretical framework of this research was carried out by SERAFINI (1984), GERALDI (1997), MENEGASSI (1998), RUIZ (1998), ANTUNES (2003), POSSENTI (2005) and PASSARELLI (2012). This research also shows strategies that point to mediation of the teacher via interactive text correction and the “counterword” method, based on reviewing, rewriting and the dialogical character that exists in the relationships between the student-author and teacher-reviewer as interlocutors of this process. However, due to the pandemic and the current context in which school activities are found since March 2020, the Proletras Program Management Council considered the social distance necessary to face Covid 19, which caused the health crisis that prevented the activities from being carried out. didactic intervention. Thus, as conclusion of this study, a pedagogical notebook was created with a detailed text production, reviewing and rewriting activity script, that should serve as a link between the theory studied and classroom practice.pt
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectEscritapt
dc.subjectRevisãopt
dc.subjectLinguísticapt
dc.subjectComentáriospt
dc.subjectWritingpt
dc.subjectLinguisticspt
dc.subjectCommentariespt
dc.titleO processo de escrita, revisão e reescrita e as questões das escolhas linguísticaspt
dc.title.alternativeWriting, reviewing and rewriting as a process and language choicespt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.description.sponsorshipId5743668
unesp.graduateProgramLetras (Mestrado Profissional) - FCLASpt
unesp.knowledgeAreaLinguagens e Letramentospt
unesp.researchAreaLeitura e produção textual: diversidade social e práticas docentespt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, Assispt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.capes23001011069P5
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record