Show simple item record

dc.contributor.authorFerreira, Marli Cardoso [UNESP]
dc.contributor.authorCarvalho, Lizete Maria Orquiza de [UNESP]
dc.date.accessioned2014-05-20T15:08:40Z
dc.date.available2014-05-20T15:08:40Z
dc.date.issued2004-01-01
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S1806-11172004000100010
dc.identifier.citationRevista Brasileira de Ensino de Física. Sociedade Brasileira de Física, v. 26, n. 1, p. 57-61, 2004.
dc.identifier.issn1806-1117
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/26951
dc.description.abstractEste artigo analisa um processo reflexivo vivido ao longo de uma trajetória de desenvolvimento de jogos, sobre questões de Física, que foram criados por iniciativa de uma professora (MCF), em diferentes realidades do ensino médio. Duas fases foram identificadas: a primeira representou uma busca para tornar o ensino de física prazeroso; a segunda, sob influência da perspectiva teórica de Paul Black, materializou-se em resposta a uma indagação, feita pela professora, sobre quais elementos da avaliação formativa poderiam ser trabalhados no jogo. A análise também revelou que as influências interpessoais e teóricas vivenciadas pela professora, na segunda fase, foram determinantes para que, ao final da trajetória, ela pudesse reconhecer-se como uma professora reflexiva.pt
dc.description.abstractThis article analyzes a reflexive process lived along a trajectory of development of Physics games, created by a teacher (MCF), in high school distinct realities. Two phases were identified: the first was represented by her search to make physics teaching enjoyable; the second, under Paul Black theoretical perspective, was brought to reality in response to a question about which elements of formative assessment could be taken into account during games development. The analyses also revealed that interpersonal and theoretical influences lived by the teacher were determining for her to recognize herself as a reflexive teacher, at the end of the trajectory.en
dc.format.extent57-61
dc.language.isopor
dc.publisherSociedade Brasileira de Física
dc.relation.ispartofRevista Brasileira de Ensino de Física
dc.sourceSciELO
dc.subjectjogospt
dc.subjectEnsino Médiopt
dc.subjectavaliação formativapt
dc.subjectprofessora reflexivapt
dc.subjectgamesen
dc.subjecthigh schoolen
dc.subjectformative assessmenten
dc.subjectreflexive teacheren
dc.titleA evolução dos jogos de Física, a avaliação formativa e a prática reflexiva do professorpt
dc.title.alternativePhysics games evolution, formative assessment and reflexive teacher practiceen
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Ciência e Tecnologia Departamento de Física, Química e Biologia
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Engenharia Departamento de Física e Química
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Ciência e Tecnologia Departamento de Física, Química e Biologia
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Engenharia Departamento de Física e Química
dc.identifier.doi10.1590/S1806-11172004000100010
dc.identifier.scieloS1806-11172004000100010
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Tecnologia, Presidente Prudentept
dc.identifier.fileS1806-11172004000100010.pdf
dc.identifier.lattes2571977671030681
unesp.author.lattes2571977671030681
dc.relation.ispartofsjr0,202
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record