Show simple item record

dc.contributor.authorFreddi, Onã da Silva [UNESP]
dc.contributor.authorCenturion, José Frederico [UNESP]
dc.contributor.authorDuarte, Aildson Pereira
dc.contributor.authorLeonel, Cristian Luarte [UNESP]
dc.date.accessioned2014-05-20T13:17:19Z
dc.date.available2014-05-20T13:17:19Z
dc.date.issued2009-08-01
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832009000400005
dc.identifier.citationRevista Brasileira de Ciência do Solo. Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, v. 33, n. 4, p. 793-803, 2009.
dc.identifier.issn0100-0683
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/3828
dc.description.abstractEste trabalho teve como objetivo avaliar, em condições de campo, a resposta de duas cultivares de milho com características genéticas distintas em Latossolo Vermelho em seis níveis de compactação. O experimento foi conduzido em faixas, no delineamento de blocos completos casualizados, com quatro repetições. Utilizaram-se os híbridos de milho DKB 390 e DAS 2B710. Após a semeadura do milho, coletaram-se amostras indeformadas de solo nas profundidades de 0-10, 10-20 e 20-30 cm, para determinação de propriedades físicas do solo e índice S. No estádio de maturidade fisiológica dos grãos do milho, foram determinados: a altura das plantas, a altura de inserção da primeira espiga, o diâmetro do segundo colmo acima do solo e a massa de matéria seca das plantas. As espigas foram colhidas e debulhadas para determinação da produtividade de grãos, corrigida para a umidade-padrão de 13 %, calculando-se também o número de espigas por planta e o índice de colheita. O índice S apresentou correlação positiva com a produtividade, porém, abaixo do limite de S < 0,035, estabelecido para uma condição de solo desestruturado, ocorreram perdas acentuadas na produtividade de milho. Os híbridos simples de milho DKB 390 e DAS 2B710 não apresentaram diferenças quando submetidos aos diferentes níveis de compactação. A produtividade dos híbridos de milho foi significativamente menor quando a resistência do solo à penetração atingiu 2,15 MPa.pt
dc.description.abstractThe purpose of this study was to evaluate, under field conditions, in Colina-SP, Brazil, the response of two genetically different corn cultivars to six compaction levels of an Oxisol. The experiment was arranged in a randomized complete block design, with strip plots and four replications. The corn hybrids DKB 390 and DAS 2B710 were used. After corn seeding, non-deformed soil samples were collected from the layers 0-0.10, 0.10-0.20 and 0.20-0.30 m to determine soil physical properties and the S index. At the seed maturity stage, plant height, height of ear insertion, stem diameter and plant mass were measured. The ears were harvested and threshed to determine grain yield (moisture corrected to standard 13 %) and the number of ears per plant and harvest index were also calculated. The S index was positively correlated with grain yield. However, below the S threshold of £ 0.035, established for soil without structure, the corn yield losses were great. The simple hybrids DKB 390 and DAS 2B710 did not differ under different soil compaction levels. The grain yields of both were significantly lower when soil resistance to penetration reached 2.15 MPa.en
dc.format.extent793-803
dc.language.isopor
dc.publisherSociedade Brasileira de Ciência do Solo
dc.relation.ispartofRevista Brasileira de Ciência do Solo
dc.sourceSciELO
dc.subjectSoil resistance to penetrationen
dc.subjectWater contenten
dc.subjectZea maysen
dc.subjectresistência do solo à penetraçãopt
dc.subjectConteúdo de águapt
dc.subjectZea mayspt
dc.titleCompactação do solo e produção de cultivares de milho em latossolo vermelho: I - características de planta, solo e índice Spt
dc.title.alternativeSoil compaction and yield of corn cultivars in an oxisol: I - plant characteristics, soil and S indexen
dc.typeArtigo
dcterms.rightsHolderSoc Brasileira de Ciência do Solo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.contributor.institutionAgência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias Departamento de Solos e Adubos
dc.description.affiliationUNESP Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias Departamento de Solos e Adubos
dc.description.affiliationAPTA Regional Médio Paranapanema
dc.description.affiliationUNESP Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias Departamento de Solos e Adubos
dc.description.affiliationUnespUNESP Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias Departamento de Solos e Adubos
dc.description.affiliationUnespUNESP Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias
dc.identifier.doi10.1590/S0100-06832009000400005
dc.identifier.scieloS0100-06832009000400005
dc.identifier.wosWOS:000270083500005
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
dc.identifier.fileS0100-06832009000400005.pdf
dc.relation.ispartofjcr0.799
dc.relation.ispartofsjr0,679
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record