Show simple item record

dc.contributor.advisorRibeiro, Maria Augusta Hermengarda Wurthmann [UNESP]
dc.contributor.authorParente, Luciane [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:24:19Z
dc.date.available2014-06-11T19:24:19Z
dc.date.issued2012-12-14
dc.identifier.citationPARENTE, Luciane. A linguagem desliteraturizada de Monteiro Lobato em Reinações de Narizinho. 2012. 114 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2012.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/90126
dc.description.abstractA pesquisa analisa o livro Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, com o objetivo de evidenciar o processo de desliteraturização da linguagem. Em Lobato, a desliteraturização corresponde ao processo de aproximação da linguagem às crianças, evitando a literatura como primazia de forma e privilegiando a oralidade, a fantasia, um vocabulário mais próximo do universo infantil, com temáticas mais interessantes à criança. Defendendo uma literatura infantil a “correr de pena”, singela, “estilo água no pote”, Lobato retira o “excesso de literatura” de seus textos, optando por uma escrita mais leve, próxima da língua falada, coloquial, recorrendo ao diálogo e exemplos “abrasileirados” que aproximam os leitores infantis da própria realidade. A desliteraturização da linguagem em Reinações de Narizinho está exemplificada, como demonstrado ao longo da pesquisa, na concepção da obra, no título, na construção dos reinos e personagens lobatianos, bem como na escolha das histórias infantis, no foco narrativo e na estilística de sua linguagem. Longe de empobrecer ou desvalorizar a literatura, a desliteraturização a que Lobato se propôs fundou a Literatura Infantil Brasileirapt
dc.description.abstractThis paper analyzes the book Reinações de Narizinho, by Monteiro Lobato, aiming to evidence the process of deliteralization of language. Deliteralization in Lobato’s work means the process of approaching language and children avoiding literature as the primacy of form and favoring the orality, the fantasy and a vocabulary closer to the children's universe, with themes that are more interesting to them. Intending to defend a simple children's literature, like water in the pot, Lobato draws the excess of literature” from his texts, choosing a lighter written, close to the colloquial spoken language, resorting to dialogue and typical Brazilian examples which approach the child readers of reality itself. The deliteralization of language in Reinações de Narizinho is exemplified, as demonstrated throughout this paper, in the design of the work, in the title, in the construction of Lobato’s kingdoms and characters, as well as in the choice of children's stories, the narrative focus and the stylistics of his language. Without impoverishing or devalue literature, the deliteralization that Lobato aimed at has initiated the Brazilian children's literatureen
dc.format.extent114 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectLobato, Monteiro, 1882-1948pt
dc.subjectLiterature - Study and teachingpt
dc.subjectLiteratura - Estudo e ensinopt
dc.subjectLivros e leitura para criançaspt
dc.subjectEscritores infantispt
dc.subjectCrianças - Linguagempt
dc.subjectCriticapt
dc.titleA linguagem desliteraturizada de Monteiro Lobato em Reinações de Narizinhopt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramEducação - IBRCpt
unesp.knowledgeAreaEducaçãopt
unesp.researchAreaLinguagem - Experiência - Memória - Formaçãopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Biociências, Rio Claropt
dc.identifier.aleph000713200
dc.identifier.fileparente_l_me_rcla.pdf
dc.identifier.capes33004137064P2
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record