Show simple item record

dc.contributor.advisorMoreira, Maria de Fátima Salum [UNESP]
dc.contributor.authorSantos, Solange Estanislau dos [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:25:39Z
dc.date.available2014-06-11T19:25:39Z
dc.date.issued2006-12-14
dc.identifier.citationSANTOS, Solange Estanislau dos. A criança e sua infância: combates no saber em educação. 2006. 131 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2006.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/92287
dc.description.abstractEsta pesquisa é vinculada à linha de pesquisa Processos formativos, diferença e valores e discute o tema da produção de práticas e significados para os processos educacionais. Apresenta como seu objeto de estudo os conceitos de criança e infância articulados aos de culturas infantis e identidades infantis , categorias essas que transpõem a formação de professores e sua prática pedagógica. Foi traçado como seu principal objetivo o mapeamento desses conceitos e a análise da forma como está ocorrendo a sua apropriação e consolidação, através dos trabalhos apresentados no Grupo de Trabalho (GT) Educação da criança de 0 a 6 anos , da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Educação (ANPED), no período de 2000 a 2004. Para tal empreendimento, realizei estudos e análises teóricas e metodológicas embasadas em discussões sobre cultura e também referentes às singularidades do corpus documental. Também esquematizei a pesquisa a partir do rastreamento dos dados quantitativos e qualitativos e da problematização e discussão dos principais eixos que articulavam os enunciados e conceitos em debate. Os principais resultados obtidos indicam para: 1) a existência de uma hegemonia geográfica desses trabalhos, pois a maioria dos autores é de instituições acadêmicas das regiões sul e sudeste do Brasil; 2) uma forte tendência temática e teórica de estudos embasados na Sociologia da Infância, com ênfase em seu viés antropológico; 3) de uma direção baseada na Psicologia, com seus estudos sobre o desenvolvimento, passando-se a perspectivas históricas, filosóficas, sociais e culturais. Enfim, o conjunto dos estudos revela um momento de variação teórica e temática, em que os Estudos da Cultura e os Estudos Culturais se articulam em torno da tematização e teorização das culturas infantis .pt
dc.description.abstractThis research is tied to the research line Formative processes, difference and values and argue the practical subject of the production and meanings for the educational processes. It presents as its object of study the concepts of child and childhood articulated to infantile culture and infantile identity concepts of which categories overcomes the teacher education and its pedagogical practice. Mapping of these concepts and analysis of how its adequacy and consolidation are taking place was the aim of the works presented in Education of Children from 0 to 6 Grupo de Trabalho (GT) (Work Group WK), from Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Gradução em Educação (ANPED) (National Association for Research and Post-Graduation in Education) during the period of 2000 to 2004. For said work I ve carried out studies and theoretical and methodological analysis based on discussions about culture which were also related to singularities of the documental corpus. I ve also outlined this study from the quantitative and qualitative data tracking and the problematization and discussion of the main issues which articulated the statement and concepts in question. The main results obtained were indicative of: 1) an existence of a geographic hegemony of these works since most authors belong to academic institutions from the South and Southeast of Brazil; 2) marked theoretical and thematic study tendencies based on the Sociology of Childhood emphasizing its anthropologic bias; 3) guidelines aimed to Psychology being its studies about development followed by historical, philosophical, social and cultural perspectives. Finally, the set of studies reveals a theoretical and thematic variation issue of which Studies of Culture and Cultural Studies were articulated in the thematization and theorization of infantile cultures .en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent131 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectEducaçãopt
dc.subjectEducação de criançaspt
dc.subjectChilden
dc.subjectChildhooden
dc.subjectInfantile culturesen
dc.titleA criança e sua infância: combates no saber em educaçãopt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramEducação - FCTpt
unesp.knowledgeAreaFormação inicial e continuada de professorespt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia, Presidente Prudentept
dc.identifier.aleph000506116
dc.identifier.filesantos_se_me_prud.pdf
dc.identifier.capes33004129044P6
dc.identifier.lattes4510140191730970
unesp.author.lattes4510140191730970
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record