Show simple item record

dc.contributor.advisorRibolla, Paulo Eduardo Martins [UNESP]
dc.contributor.advisorJúnior, João Pessoa Araújo [UNESP]
dc.contributor.authorRosa, Cristiane de Santis Alves [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:26:03Z
dc.date.available2014-06-11T19:26:03Z
dc.date.issued2010-12-07
dc.identifier.citationROSA, Cristiane de Santis Alves. Pesquisa de mutação do gene predito da lectina ligante de manose em cães: comparação entre dois alvos para diagnóstico molecular de leishmaniose visceral canina. 2010. 62 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Botucatu, 2010.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/92457
dc.description.abstractA lectina ligante de manose (MBL) é uma lectina sérica membro da família das colectinas, sendo uma importante constituinte da imunidade inata. Também é uma das mais de trinta moléculas do sistema complemento. O Sistema Complemento (SC) é um sofisticado sistema de defesa do hospedeiro que pode ser acionado tanto pelo sistema imune inato quanto pelo mecanismo de imunidade mediada por anticorpos. A via de ativação do SC das Lectinas é ativada por domínios de reconhecimento de carboidratos. O gene que codifica a MBL foi caracterizado em alguns mamíferos, e o mais estudado até agora é o humano. O gene da MBL em cães ainda não foi localizado, contudo, sua versão predita já está disponível, a qual é similar a lectina ligante de manose (A). Em humanos, a região codificadora da proteína é constituída por quatro exons e três introns. A grande maioria da MBL produzida no fígado se origina dos transcritos iniciados no exon 1. Alelos na região promotora do exon 1 contribuem para variações adicionais na concentração sérica da MBL. Em um estudo realizado com pacientes que apresentavam diagnóstico positivo para leishmaniose visceral, cujo agente causador é o protozoário Leishmania chagasi, mostrou que esses pacientes apresentavam um nível maior de MBL sérica do que em indivíduos controle saudáveis. A Leishmaniose é uma doença negligenciada que afeta principalmente as populações de baixa renda. . É uma doença de distribuição mundial, afetando 88 países, dos quais 72 são países em desenvolvimento. Os agentes etiológicos da doença são protozoários que apresentam uma única mitocôndria, sendo que, o DNA mitocondrial aparece condensado e é chamado de cinetoplasto (k). Na área urbana, o cão é o principal reservatório. Os vetores são os flebotomíneos. De uma forma geral, o diagnóstico da LVC vem se apresentando como um problema para os serviços...pt
dc.description.abstractMannose binding lectin (MBL) is a member of the colectins’s family, being an important constituent of innate immunity. Also is one of more than thirty molecules of the complement system. The complement system (CS) is a sophisticated defense system of the host that can be triggered by both the innate immune system as the antibody-mediated immunity. The lectin pathway of complement activation is enabled by areas of recognition of carbohydrates. The gene that encodes the MBL was characterized in some mammals, and the most studied so far is the human. The MBL in dogs gene has not yet been located, however, it’s predicted version is already available, which is similar to mannose binding lectin (A). In humans, the encoder protein region consists of four exons and three introns. The vast majority of MBL produced in the liver originates from transcripts started in exon 1. Allele in the promoter region of exon 1 contributes to additional variations in serum’s levels of MBL. A study conducted with patients that had positive diagnosis for visceral leishmaniasis, whose causal agent is the protozoa Leishmania Chagasi, showed that these patients had a higher level of MBL in serum that in healthy control subjects. Leishmaniasis is a neglected disease that primarily affects low-income populations. The disease has a global distribution, affecting 88 countries, which 72 are developing countries. The etiological agents of the disease are protozoa with has a single mitochondria, and the mitochondrial DNA appears condensed and is called kinetoplast (k). In the urban area, the dog is the main reservoir. The vectors are insects called sandflies. General diagnosis of visceral leishmaniasis in dogs is showing as a problem for public health services, and there is no specific diagnostic test that is 100% sensitive. New diagnostic methods, such as PCR, constitute a new perspective for the diagnosis... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent62 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectAnimais domesticos - Doençaspt
dc.subjectLeishmaniose visceralpt
dc.subjectCãopt
dc.subjectReação em cadeia de polimerasept
dc.subjectVisceral leishmaniasisen
dc.titlePesquisa de mutação do gene predito da lectina ligante de manose em cães: comparação entre dois alvos para diagnóstico molecular de leishmaniose visceral caninapt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramCiências Biológicas (Genética) - IBBpt
unesp.knowledgeAreaGenéticapt
unesp.researchAreaGenômica e genética de microorganismospt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências, Botucatupt
dc.identifier.aleph000637639
dc.identifier.filerosa_csa_me_botib.pdf
dc.identifier.capes33004064026P9
dc.identifier.lattes3577149748456880
dc.identifier.orcid0000-0001-8735-6090
unesp.advisor.lattes3577149748456880[1]
unesp.advisor.orcid0000-0001-8735-6090[1]
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record