Show simple item record

dc.contributor.advisorItoyama, Mary Massumi [UNESP]
dc.contributor.authorCastanhole, Márcia Maria Urbanin [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:26:04Z
dc.date.available2014-06-11T19:26:04Z
dc.date.issued2009-02-19
dc.identifier.citationCASTANHOLE, Márcia Maria Urbanin. Espermatogênese e comportamento nucleolar em machos de Heteoptera aquáticos. 2009. 115 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, 2009.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/92496
dc.description.abstractOs aspectos da espermatogênese e do comportamento nucleolar foram analisados em Brachymetra albinerva, Cylindrostethus palmaris, Halobatopsis platensis, Limnogonus aduncus (Gerridae), Martarega sp. (Notonectidae), Rhagovelia whitei e Rhagovelia sp. (Veliidae). Os testículos são arredondados (Veliidae), alongados (Gerridae) ou espiralados (Notonectidae) e apresentam membrana transparente recobrindo-os. O complemento cromossômico encontrado foi de 2n = 23 (22A + X0, L. aduncus e R. sp.); 25 (24A + X0, B. albinerva e H. platensis); 26 (22A + 2m + XY, Martarega sp.); 29 (28A + X0, C. palmaris) ou 39 (38A + X0, R. whitei) cromossomos, sendo que a única espécie com sistema cromossômico do sexo diferente foi M. sp., que apresentou sistema XY, além de ser, também, a única espécie com m-cromossomos. O comportamento meiótico de todas as espécies foi semelhante, isto é, apresentaram: cromossomos holocêntricos, material heteropicnótico na prófase; quiasmas intersticiais e/ou terminais; primeira divisão reducional para os autossomos e o inverso para os cromossomos sexuais. A única diferença observada foi com relação ao tamanho extremamente maior das células de M. sp., em todas as fases da espermatogênese. Com relação ao comportamento nucleolar as espécies não apresentaram diferenças, somente M. sp. que possui nucléolos maiores que as demais espécies. A única espécie na qual foi possível identificar com clareza a região da RON foi L. aduncus, na região terminal de um autossomo. Confirmou-se, também, através da espécie L. aduncus, que as associações teloméricas não ocorrem ao acaso. Nas demais espécies a marcação da RON foi bastante discreta, não sendo possível afirmar com clareza onde ela está localizada.pt
dc.description.abstractThe aspects of spermatogenesis and nucleolar behaviour were analyzed in Brachymetra albinerva, Cylindrostethus palmaris, Halobatopsis platensis, Limnogonus aduncus (Gerridae), Martarega sp. (Notonectidae), Rhagovelia whitei and Rhagovelia sp. (Veliidae). The testicles are rounded (Veliidae), elongated (Gerridae) or spiral (Notonectidae) and have a transparent membrane covering them. The complement chromosome was 2n = 23 (22A + X0, L. aduncus and R. sp.), 25 (24A + X0, B. albinerva and H. platensis), 26 (22A + 2m + XY, Martarega sp.), 29 (28A + X0, C. palmaris) or 39 (38A + X0, R. whitei) chromosomes, and the only specie with different sex chromosome system was M. sp., which presented XY system and m-chromosomes. The meiotic behavior of all species was similar: holocentric chromosomes, heteropicnotic material at prophase; chiasmas interstitial and/or terminal; first reductional division for the autosomes and the reverse for the sex chromosomes. The only difference observed was related to the very largest size of the cells M. sp. in all stages of spermatogenesis. With regard to the nucleolar behavior, the species did not show differences, only M. sp. which has nucleoli larger than the other species. The only species in which it was clearly possible to identify the region of NOR was L. aduncus, in the region of a terminal autosome. It was also confirmed that the telomeric associations do not occur at random. In other species the marking was very discreet, no one can clearly say where NOR is located.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.format.extent115 f. : il. color.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectCitogenética animalpt
dc.subjectEspermatogenese em animaispt
dc.subjectHemipterapt
dc.subjectComportamento nucleolarpt
dc.subjectHeteropterapt
dc.subjectAquatic heteropteraen
dc.subjectMeiosisen
dc.subjectNucleolar behaviouren
dc.titleEspermatogênese e comportamento nucleolar em machos de Heteoptera aquáticospt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramGenética - IBILCEpt
unesp.knowledgeAreaGenéticapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas, São José do Rio Pretopt
dc.identifier.aleph000591320
dc.identifier.filecastanhole_mmu_me_sjrp.pdf
dc.identifier.capes33004153023P5
dc.identifier.lattes2083565673316669
unesp.author.lattes2083565673316669
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record