Show simple item record

dc.contributor.advisorPortela, Jean Cristtus [UNESP]
dc.contributor.authorPrado, Maria Goreti Silva [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:26:48Z
dc.date.available2014-06-11T19:26:48Z
dc.date.issued2013-04-29
dc.identifier.citationPRADO, Maria Goreti Silva. O ponto de vista em semiótica: fundamentos teóricos e ensaio de aplicação em A hora da estrela. 2013. 128 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Letras (Campus de Araraquara), 2013.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/93875
dc.description.abstractEsta dissertação tem como objetivo historiar e definir a noção de ponto de vista em semiótica, de seu surgimento na teoria literária e de seu emprego na semiótica padrão até a sua redefinição no quadro teórico da semiótica tensiva. Em suas primeiras formulações, a semiótica discursiva definiu a noção de ponto de vista como um conjunto de procedimentos discursivos utilizados pelo enunciador, por intermédio do actante observador, com o intuito de diversificar a leitura que o enunciatário faz do enunciado. Segundo essa concepção, o actante observador seria classificado de acordo os traços acumulativos dos mecanismos de debreagem e de embreagem. Posteriormente, ao incorporar o elemento perceptivo ao seu quadro epistemológico, a teoria semiótica redefiniu a noção de ponto de vista, concebendo-a como uma relação entre o sujeito perceptivo e o objeto percebido, no âmbito de um campo de presença ou campo posicional. Dessa forma, o estudo do ponto de vista em semiótica configurou-se na investigação do efeito de sentido resultante da mudança de uma situação perceptiva a outra; e a classificação do actante observador passou a fundamentar-se no estudo da interação entre os actantes posicionais fonte, alvo e controle. Servindo-nos desse instrumental teórico e considerando que o ponto de vista é fundamental na apreensão da singularidade da enunciação, nesta dissertação procedemos à análise da construção do ponto de vista em A hora da estrela, de Clarice Lispector, com o objetivo de demonstrar o domínio de aplicação dessa noção. Para tanto, realizamos a segmentação da obra em duas narrativas – uma referente ao universo discursivo do ator Rodrigo S. M., e a outra, ao do ator Macabéa –, que foram analisadas sob a luz do conceito de campo de presença, a fim de se verificar qual a tipologia tensiva do sujeito responsável pela organização...pt
dc.description.abstractThis dissertation is intended to historically describe and define the notion of point of view in semiotics, since its emergence in literary theory and its use in standard semiotics until its redefinition in the tensive semiotics theoretical scenario. In its early formulations, discursive semiotics defined the point of view notion as a set of discursive procedures employed by the enunciator, by means of the observer actant, with the intention of diversifying the interpretation that the enunciatee gives to the enunciate. According to this concept, the observer actant would be classified by the cumulative traits of the shifting in and shifting out mechanisms. Subsequently, when embodying the perceptive element into its epistemological scenario, semiotics theory redefined the point of view notion, conceiving it as a relation between the perceptive subject and the object perceived, within the scope of a field of presence or positional field. Therefore, the point of view study in semiotics has been configured in the investigation of the meaning effect resulting from a change from a perceptive situation to another; and the observer actant‘s classification was then based on the study of the interaction among the positional actants source, target and control. With the use of this theoretical set of instruments and considering that the point of view notion is essential to the apprehension of enunciation‘s singularity, we proceeded to the analysis of the point of view‘s construction in A hora da estrela by Clarice Lispector, in this dissertation, with the purpose of demonstrating the scope of application of this notion. To this end, we segmented the work into two narratives – one regarding the discursive universe of actor Rodrigo S. M., and the other, that of actor Macabéa – which were analyzed under the field of presence... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.format.extent128 f. : il., tabs.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectLispector, Clarice 1920-1977pt
dc.subjectSemioticapt
dc.subjectLinguísticapt
dc.subjectLinguisticspt
dc.titleO ponto de vista em semiótica: fundamentos teóricos e ensaio de aplicação em A hora da estrelapt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramLinguística e Língua Portuguesa - FCLARpt
unesp.knowledgeAreaLinguísticapt
unesp.researchAreaEstrutura, organização e funcionamento discursivos e textuais: análise dos fatores responsáveis pela organização textual e estudo dos mecanismos linguísticos responsáveis pelas relações entre texto e intertextopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquarapt
dc.identifier.aleph000717799
dc.identifier.fileprado_mgs_me_arafcl.pdf
dc.identifier.capes33004030009P4
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record