Show simple item record

dc.contributor.advisorJúnior, José Marques [UNESP]
dc.contributor.advisorPereira, Gener Tadeu [UNESP]
dc.contributor.authorSiqueira, Diego Silva [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:28:31Z
dc.date.available2014-06-11T19:28:31Z
dc.date.issued2010-02-25
dc.identifier.citationSIQUEIRA, Diego Silva. Suscetibilidade magnética para a estimativa de atributos do solo e mapeamento de áreas sob cultivo de cana-de-açúcar. 2010. viii, 75 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2010.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/96950
dc.description.abstractO objetivo deste estudo foi avaliar o potencial da suscetibilidade magnética para estimar atributos do solo e mapear áreas de manejo especifico para a cultura da cana-de-açúcar. Dois experimentos foram realizados. No primeiro, foram amostrados 50 pontos de forma aleatória em uma área de 2 ha, na profundidade de 0,00 – 0,20 m. Foi construída uma curva de calibração para converter as leituras das amostras de solo feitas na balança em medidas de suscetibilidade magnética. A suscetibilidade magnética medida por uma balança analítica teve uma correlação de 0,58 com o teor de argila, -0,75 com o teor de matéria orgânica, 0,41 com a saturação por bases e 0,82 com o teor de hematita do solo na profundidade 0,00 – 0,20 m. A análise estatística multivariada dos componentes principais mostrou que a suscetibilidade magnética explica 10,69% da variância do conjunto de atributos do solo estudados. No segundo experimento, foram retiradas aleatoriamente (grade irregular) 110 amostras em uma área de 770 ha em duas profundidades, 0,00-0,20 m e 0,20- 0,40 m, para avaliação dos atributos granulométricos, químicos e da suscetibilidade magnética do solo. Foram avaliados os atributos da cana-de-açúcar em 32 subáreas. A dependência espacial dos atributos foi estimada por meio do semivariograma, semivariograma escalonado e correlação dos mapas de distribuição espacial. Os resultados mostram que a suscetibilidade magnética apresentou um erro 33 a 50% menor do que a outros atributos físicos e químicos do solo na delimitação dos limites para áreas de manejo específico para cana-de-açúcar. Além disso, a suscetibilidade magnética teve correlação espacial significativa com os atributos físicos e químicos do solo e os atributos da cana-de-açúcar, podendo ser utilizada para auxiliar no mapeamento de áreas de manejo especifico para a cultura da cana-de-açúcarpt
dc.description.abstractThe aim of this study was to evaluate the potential of magnetic susceptibility in estimating soil attributes and to map specific management areas under sugar cane cultivation. Two experiments were carried out. In the first, 50 points were sampled, at random, in an area of 2 ha, in 0.00 to 0.20 m depth. It has been constructed a calibration curve in order to convert the soil sample readings, taken from the balance, in magnetic susceptibility measurements. The magnetic susceptibility measured by an analytical balance had a 0.58 correlation with the clay content, -0.75 with the organic matter content, 0.41 to saturation and 0.82 with the hematite content in a soil depth from 0.00 to 0.20 m. The multivariate statistical analysis of principal components show that the magnetic susceptibility explains 10.69% of the soil set properties variance. In the second experiment were taken (irregular grid) 110 samples, at random, in a 770 ha area in two different depths, one from 0.00 to 0.20 m and other from 0.20 to 0.40 m, to assess the soil texture and chemical attributes and the magnetic susceptibility. The sugar cane attributes over 32 subareas were also evaluated. The spatial dependence in soil attributes was estimated through the semivariogram, scaled semivariogram and spatial distribution correlation maps. The results show that the magnetic susceptibility presented 33 to 50% error which is lower than the physical and chemical properties to define the specific management areas limits in sugar cane. In addition, the magnetic susceptibility had a significant spatial correlation with the sugar cane chemical and physical attributes and can be used to aid in the specific management areas mapping for sugar cane cultivationen
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.format.extentviii, 75 f. : il., grafs.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectPedometryen
dc.subjectMultivariate analysisen
dc.subjectScaled semivariogramen
dc.subjectPedrotransfer functionen
dc.subjectSolopt
dc.subjectCana-de-açúcarpt
dc.subjectAnálise multivariadapt
dc.subjectPedometriapt
dc.titleSuscetibilidade magnética para a estimativa de atributos do solo e mapeamento de áreas sob cultivo de cana-de-açúcarpt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramAgronomia (Produção Vegetal) - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaProdução vegetalpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
dc.identifier.aleph000624290
dc.identifier.filesiqueira_ds_me_jabo.pdf
dc.identifier.capes33004102001P4
dc.identifier.lattes7053426037771460
unesp.author.lattes7053426037771460
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record