Show simple item record

dc.contributor.advisorCalais, Sandra Leal [UNESP]
dc.contributor.authorMarco, Mariana Nunes da Costa [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:28:59Z
dc.date.available2014-06-11T19:28:59Z
dc.date.issued2011-02-08
dc.identifier.citationMARCO, Mariana Nunes da Costa. Acompanhante terapêutico: caracterização da prática profissional na perspectiva da Análise do Comportamento. 2011. . Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências, 2011.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/97451
dc.description.abstractO Acompanhamento Terapêutico (AT) é tema recente nas discussões da Psicologia. É um tipo de atuação clínica que nasceu dos movimentos político-ideológicos da antipsiquiatria, os quais ocorreram na década de 50 na Europa e EUA e em 1960 na América Latina. Boa parte da literatura tenta construir um perfil para o acompanhamente terapêuticom a partir do seu surgimento e contexto histórico, entretanto o conceito ainda não chegou a um consenso científico e apesar de existirem alguns fatores característicos para a conceituação do AT, sua prática diversificada dificulta a identificação das variáveis e consequentemente da construção de um conceito definitivo. A controvérsia se mantém e sua caracterização tem sido baseada em aspectos como a formação profissional, função na equipe, referencial teórico adotado e o trabalho desempenhado. Este trabalho teve como objetivo principal a caracterização de acompanhantes terapêuticos sob a perspectiva da Análise do Comportamento. Para tanto, se fez uso de descrições do trabalho deste profissional considerando tempo de atuação, inserção na área, formação básica e específica, tipos de casos atendidos e locais da atuação, além de expor as desvantagens e vantagens relatadas na prática clínica. Foram participantes desta pesquisa treze Acompanhantes Terapêuticos atuantes na cidade de São Paulo, os quais foram submetidos a uma entrevista semi-estruturada. Os resultados foram analisadas em quatro dimensões de análise e estas desmembradas em categorias e itens. Pode-se observar diante dos dados das entrevistas que o perfil do at está em constante mudança e que caracterizá-los implica observação de muitas variáveis. De acordo com a literatura, as condições fundamentais para a realização desse trabalho são o conhecimento teórico sólido, as habilidades pessoais de traquejo social e a disponibilidade de tempo...pt
dc.description.abstractTherapeutic Accompaniment (TA) is a recent theme in discussions of psychology. It is a kind of clinical practice that was born in a political-ideological movement of antipsychiatry, which occurred in the 50 at Europe and USA and 1960 at Latin America. Most of researches tries to built a profile for TA from the beginning of this historical context but the concept has not yet reached a scientific consensus. Although there are some characteristics for the concept of TA, the TA's diverse practice makes difficult to identify these variables and consequently the construction of a concept ended. The controversy remains and its characterization has been based on aspects such as vocational training, role in the team, adopted theoretical reference and the work performed. The main purpose of this study was to characterize therapeutic companions (tc) under the perspective of behavior analysis. For this was used this professional job descriptions, considering given time for practical, the insertion in the area, basic and specific training, types of case seen and places for the practice, beyond the expose of difficulties and benefits reported in clinical practice. Thriteen Therapeutic Comapanions participated of this research. They were from the city of São Paulo and submitted to a semi-structured interview. The results were analyzed in four dimensions of analysis and unfolded in categories. With the interview data it's possible to observe that the TA's profile is constantly changing and that characterizing them implies the observation of many variables. Corroborating the literature, the basic conditions to do this work are the solid theoretical knowledge, personal social skills and available time. These aspects were repeatedly said by participants and analyzed in this study. Although there are many similarities with the traditional therapeutists, the tc has its peculiarities, especially the setting... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectAcompanhamento terapêuticopt
dc.subjectComportamento - Avaliaçãopt
dc.subjectPsicologia clinicapt
dc.subjectTherapeutic companionsen
dc.subjectBehavioral analysisen
dc.subjectClinical psychologyen
dc.titleAcompanhante terapêutico: caracterização da prática profissional na perspectiva da Análise do Comportamentopt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramPsicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem - FCpt
unesp.knowledgeAreaPsicologia do desenvolvimento e aprendizagempt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, Baurupt
dc.identifier.aleph000640084
dc.identifier.filemarco_mnc_me_bauru.pdf
dc.identifier.capes33004056085P0
dc.identifier.lattes2312685254813659
unesp.author.lattes2312685254813659
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record