Efeitos da ingestão da polpa liofilizada de açaí (Euterpe oleracea Mart.) no processo de carcinogênese de cólon associada à colite em ratos Wistar

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2017-02-22

Orientador

Barbisan, Luis Fernando

Coorientador

Pós-graduação

Patologia - FMB

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

O açaí (Euterpe oleracea Martius) é um fruto nativo da região amazônica, bastante consumido no Brasil e no mundo. Os efeitos benéficos de seu consumo já foram demonstrados anteriormente em diversos estudos in vivo e in vitro. O objetivo deste estudo foi avaliar os mecanismos de ação da ingestão de polpa de açaí (AP) liofilizada em um modelo de carcinogênese do cólon associado à colite em ratos e a ação da cianidina 3-rutinosídeo no ensaio de motilidade celular em células de adenocarcinoma de cólon RKO. Ratos Wistar machos foram distribuídos aleatoriamente em quatro grupos que receberam: (G1) dieta basal (n=20); (G2) dieta basal contendo 0,2% de NAC (N-acetilcisteína, um controlo positivo) (n=15); (G3 e G4), dieta basal contendo 5,0% ou 7,5% de AP liofilizada, respectivamente (n=20 para cada grupo). Nas semanas 1 e 2, os ratos receberam 4 doses de 1,2-dimetilhidrazina (DMH, duas vezes por semana). Duas semanas após as administrações de DMH, foi induzida inflamação aguda utilizando ácido 2,4,6-trinitrobenzeno (TNBS). Na semana 3, foram introduzidas intervenções dietéticas. Os efeitos modificadores da cianidina 3-rutinosídeo (C3R, 25 e 50 μM) foram investigados na motilidade celular em células de adenocarcinoma humano RKO. Essa antocianina foi escolhida de acordo com os dados das análises de perfil de antocianinas realizadas por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE). Primeiramente, os resultados mostraram que C3R (25 μM), a principal antocianina identificada em AP liofilizada, tinha uma tendência na redução da motilidade das células RKO, conforme analisado pelo ensaio de motilidade celular. Em segundo lugar, a ingestão de AP liofilizada reduziu o número total de focos de criptas aberrantes (FCA) e a multiplicidade de FCA (criptas FCA 1-4 e criptas FCA> 10), proliferação de células tumorais e incidência de tumores com displasia de alto grau. Em terceiro lugar, a AP liofilizada modulou a expressão de seis genes, sendo cinco hiperexpressos (Akt3, Dlc1, Ffar2, Vegfd, Pparα) e um hipoexpresso (Mhs6) envolvidos em diferentes propriedades do câncer. Dessa forma, os resultados indicam que a ingestão de AP liofilizada apresenta atividade antitumoral no modelo de carcinogênese de cólon associada à colite em ratos. Além disso, esses resultados constatam pela primeira vez a ação benéfica da ingestão polpa de liofilizada de açaí no modelo proposto a partir de análises macroscópicas, microscópicas e moleculares.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados