Desempenho de cultivares de couve-flor de verão em Ipameri

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-11-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Com o propósito de avaliar o comportamento de seis cultivares de couve-flor de verão, quanto à produção e resistência à podridão negra (Xanthomonas campestris pv. campestris), instalou-se um experimento em campo, em Ipameri-GO, com o delineamento experimental em blocos completos casualizados com seis tratamentos e quatro repetições. Cada parcela experimental, de 10m², constou de 20 plantas distribuídas no espaçamento de 1,0m entre linhas e 0,5m entre plantas. Foram avaliadas as cultivares: híbridos 'Cindy', 'Sarah AF-1169', 'Sharon', 'Verona', 'Lisvera' e a variedade Piracicaba precoce. Os híbridos Verona e Sharon mostraram-se promissores para cultivo nas condições edafoclimáticas em que foram avaliados, com produtividades de 34,17 e 30,64t ha-1, respectivamente, e com moderados níveis de resistência à podridão negra. A variedade Piracicaba precoce apresentou produção inferior às dos melhores híbridos avaliados e moderada resistência à podridão negra. O híbrido Sarah não é recomendado para plantio na região de Ipameri-GO por apresentar baixa produção e baixa resistência à podridão negra.

Resumo (inglês)

In order to evaluate the behavior of six cultivars of cauliflower summer, as production and resistance to black rot (Xanthomonas campestris pv. campestris), installed a field experiment in Ipameri-GO, with the experimental in randomized complete blocks with six treatments and four replications. Each plot of 10m², consisting of 20 plants distributed at a spacing of 1.0m between rows and 0.5m between plants. We evaluated the cultivars: hybrids 'Cindy', 'Sarah AF-1169', 'Sharon', 'Verona', 'Lisvera' and the variety Piracicaba precoce. Hybrids Verona and Sharon proved promising for cultivation in the environmental conditions that were evaluated, with yields of 34.17 and 30.64t ha-1 respectively, and moderate levels of resistance to black rot. The variety Piracicaba precoce showed lower production of the best hybrids and moderate resistance to black rot. The hybrid Sarah is not recommended for planting in the region of Ipameri-GO due to its low production and low resistance to black rot.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Ciência Rural. Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), v. 42, n. 11, p. 1923-1928, 2012.

Itens relacionados

Financiadores

Coleções