A comunicação como alicerce nos processos de gestão das diferenças no ambiente organizacional: uma análise das produções de sentido de uma consultoria especializada.

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-09-27

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Unesp

Resumo

A diversidade tornou-se um termo em voga nas últimas décadas, presente nas investigações acadêmicas, em projetos políticos, campanhas publicitárias, cartilhas educacionais e diversos outros debates dos campos sociais. Associado ao conflito entre indivíduos em relações desiguais de poder, seu significado também é disputado por ideologias divergentes. A crítica principal à perspectiva da diversidade refere-se ao fato da mesma ser um produto do pensamento universalista, que normaliza corpos e mantém as estruturas de poder, desmantelando as demandas históricas dos movimentos sociais. Em um cenário de produções controversas e intensas disputas de sentido, um dos principais articuladores do termo “diversidade” são as organizações e suas práticas, nesse sentido, desponta uma área de pesquisa e prática particular: a “gestão da diversidade”. Esta pesquisa tem como aspecto central a investigação da ideologia que estrutura os planos de “gestão da diversidade”, reconhecendo as organizações como elementos estruturais da sociedade moderna, que influenciam, para além das relações mercantis, em questões sócio históricas. Nesse sentido, pretendemos responder a uma pergunta: os discursos sobre “gestão da diversidade” pretendem uma nova forma de pensar as relações sociais no ambiente organizacional? Para tanto optamos por analisar a dimensão da organização comunicada de uma das consultorias mais influentes no tema em questão, a Mais Diversidade. Compreendemos que a “gestão da diversidade”, elaborada como uma forma de alcançar a justiça social, deve perpassar as imbricações entre a Comunicação, a partir de sua perspectiva relacional, e os conceitos sobre diferenças sociais, ou seja, a visão de que as demandas sociais são resultados de conflitos e que necessitam de uma renegociação política e estrutural. Para a análise proposta optamos por investigar o blog institucional da organização, uma ferramenta de produção de conteúdo. Os resultados indicam o predomínio da perspectiva da diversidade, a utilização da ideologia gerencial como estratégia de aquisição de clientes, a posição ferramental ocupada pela Comunicação e diversas rupturas discursivas com potencial de transformação social.
Diversity has become a prominent termin recent decades, present inacademic research, politicalprojects,advertisingcampaigns,educationalmaterials,andvariousotherdiscussions withinsocial realms. Linkedtoconflictsamongindividuals inunequalpower relations, its meaning is also contested by divergent ideologies. Themain critique of the diversity perspectivepertainstothefact that itoriginatesfromuniversalistthinking,whichnormalizes bodies and upholds power structures, undermining the historical demands of social movements.Inalandscapeofcontroversialproductionsandintensebattlesaboutthepowerof meaning, oneof theprimaryproponentsof the term"diversity" isorganizationsandtheir practices. In this regard, a specific area of research and practice emerges: "diversity management."Thisresearchrevolvesaroundinvestigatingtheideologythatshapesdiversity management plans, recognizingorganizationsasstructural elementsofmodernsocietythat influence socio-historicalmatters. In this context, we aimtoaddress aquestion:Do the discourseson"diversitymanagement" intend tobringanewwayof thinkingabout social relations in the organizational environment?To this end,wehavechosen toanalyze the dimension: “organizaçãocomunicada”, byoneof themost influential consultanciesonthis topic,namely,MaisDiversidade.Weunderstandthat"diversitymanagement,"conceivedasa meanstoachievesocial justice,mustencompasstheinterplaybetweenCommunication,from its relational perspective, and concepts surrounding social differences. This includes the notion that social demands stem fromconflicts and necessitate political and structural renegotiation. For the proposed analysis, we have opted to investigate theorganization's institutional blog—a tool forcontentproduction.Theresults indicate theprevalenceof the diversityperspective, theutilizationofmanagerial ideologyasaclient acquisitionstrategy, the instrumental roleassumedbyCommunication, andvariousdiscursiveruptureswiththe potentialforsocietaltransformation.

Descrição

Palavras-chave

Comunicação organizacional, Diferença social, Gestão da diversidade, Produção de sentido, Diversidade

Como citar

MARQUES, L. S. A comunicação como alicerce dos processos de gestão das diferenças no contexto organizacional: uma análise das produções de sentido da consultoria especializada. 2023. 113 p. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Faculdade de Arquitetura, Artes, Comunicação e Design, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Bauru, 2023.