Avaliação do status antioxidante, das citocinas inflamatórias e metaloproteinases em ratos anestesiados com isoflurano ou sevoflurano

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-12-03

Orientador

Dias Junior, Carlos Alan Candido

Coorientador

Pós-graduação

Anestesiologia - FMB

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O presente estudo teve por objetivo investigar e comparar as alterações relacionadas à reatividade vascular e aos biomarcadores de estresse oxidativo e da inflamação em ratos anestesiados com isoflurano ou sevoflurano. Para alcançar nossos objetivos, ratos Wistar machos adultos foram distribuídos aleatoriamente em três grupos experimentais: não anestesiado (grupo controle) e anestesiados com isoflurano (grupo Iso) ou sevoflurano (grupo Sevo). A responsividade vascular à fenilefrina (PHE) e acetilcolina (ACh) na presença ou ausência de éster N-nitro-L-arginina-metílico (L-NAME) foram avaliadas em anéis de aorta torácica com endotélio intacto (E +) e endotélio desnudo (E-). Os metabólitos do óxido nítrico (NO) (NOx), a peroxidação lipídica, a função antioxidante, os níveis de citocinas e a atividade das metaloproteinases de matriz extracelular (MMPs) também foram avaliados. Nenhuma diferença significativa foi observada com relação aos dados hemodinâmicos e temperatura entre os grupos anestesiados. Nos anéis com endotélio intacto, a anestesia com o sevoflurano reduziu a vasoconstrição induzida pela PHE e pelo KCL quando comparado ao grupo controle e Iso, respectivamente (P ˂ 0.05). O isoflurano aumentou significativamente a vasoconstrição induzida pela PHE e pelo KCl, nos anéis com endotélio desnudo (P ˂ 0.05). Níveis de NO reduzidos foram observados após a anestesia com sevoflurano (P = 0.01), mas não com isoflurano. O estresse oxidativo foi significativamente aumentado em ambos os grupos anestesiados quando comparado com o grupo Control (P ˂ 0.05). O isoflurano aumentou os níveis de IL-1β, enquanto o sevoflurano reduziu a IL-10 e IL1β. Aumentos da atividade de MMP-2 na aorta foram observados somente no grupo anestesiado com sevoflurano (P ˂ 0.05). Os resultados demonstram que 150 minutos de anestesia com sevoflurano, mas não com isoflurano, prejudicam a responsividade vascular aos agentes vasoconstritores. Além disso, enquanto os dois anestésicos aumentam o estresse oxidativo, apenas o sevoflurano reduz os níveis de NO e citocinas e aumenta da atividade das MMPs

Resumo (inglês)

The current study aimed to investigate and compare the changes on vascular reactivity, biomarkers of oxidative stress and inflammation of rats anesthetized with isoflurane or sevoflurane. Adult Wistar rats were assigned to three experimental groups (n = 6 per group): Non-anesthetized (Control group) and anesthetized with isoflurane (Iso group) or sevoflurane (Sevo group). Vascular responsiveness to phenylephrine (PHE) and acetylcholine (ACh) in the presence or absence of Nω-nitro-L-arginine-methyl ester (L-NAME) was evaluated in thoracic aortic rings with intact endothelium (E+) and denuded endothelium (E-). Nitric oxide (NO) metabolites (NOx), lipid peroxidation, antioxidant function, cytokines levels and matrix metalloproteinases (MMPs) activity were also assessed. In intact endothelium-aortic rings sevoflurane impairs PHE-induced vasoconstriction versus control group and reduces KCl-induced vasoconstriction versus Iso group (P ˂ 0.05). In denuded endothelium-aortic rings isoflurane increases vasoconstriction induced by both PHE and KCl (P ˂ 0.05). Sevoflurane, but not isoflurane, reduces NO (P = 0.01). Oxidative stress was increased in Sevo and Iso groups (P ˂ 0.05). While sevoflurane reduced IL-10 and IL-1β, isoflurane increased IL-1β. MMP-2 activity in aorta was increased in Sevo (P ˂ 0.05), but not in Iso group. We concluded that 150 minutes of anesthesia with sevoflurane, but not with isoflurane, impairs vascular responsiveness to vasoconstrictors agents. Also, while both anesthetics increased oxidative stress, only sevoflurane reduced NO and cytokines and increased MMPs activity.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados