Estudo dos genes de resistência e integrons em cepas de Salmonella multidrogas resistentes (MDR) isoladas em lifonodos de suínos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-11-29

Orientador

Araujo Junior, João Pessoa

Coorientador

Pós-graduação

Medicina Veterinária - FMVZ

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A segurança dos alimentos é essencial para o desenvolvimento da sociedade e as doenças transmitidas por alimentos (DTAs) acometem milhares de pessoas todos os anos. Dentre os agentes de DTA, Salmonella se destaca como a principal causa de hospitalizações e mortes. A carne suína é uma importante fonte de nutrientes, sendo a mais consumida no mundo. Vários relatos apontaram o isolamento de Salmonella multidrogas resistentes (MDR) associados com a cadeia produtiva dos suínos, e a ocorrência de elementos que possibilitam a transferência de genes de resistência entre populações bacterianas estão diretamente relacionados a essa característica. O presente trabalho objetivou determinar os genes associados com resistência a antimicrobianos de 9 isolados de Salmonella MDR provenientes de linfonodos mesentéricos de suínos, além de aplicar um protocolo in silico para predizer a localização de cada gene (plasmidial ou cromossomal) e detectar e caracterizar a presença de Integrons de resistência. Diversos genes de resistência para a mesma classe de antimicrobianos foram encontrados em cada cepa, e a localização presumida dos genes foi heterogênica, com exceção para os genes de resistência a sulfonamidas, todos classificados como plasmidiais. Cinco cepas apresentaram integrons classe 1, agrupados em três diferentes perfis. A comparação destes perfis com sequências do GenBank revelou que bactérias de diversas espécies, isoladas em diversos países e proveniente de diferentes fontes, inclusive amostras clínicas de humanos, abrigam integrons semelhantes. A vasta diversidade de elementos de resistência para a mesma classe de antimicrobianos pode ser reflexo da grande pressão de seleção a qual estas linhagens bacterianas são submetidas durante a cadeia produtiva dos suínos, e a presença destes genes em elementos de motilidade, como plasmídeos e integrons, os quais já foram isolados em bactérias de diversas origens, demonstram a importância que estas cepas possuem do ponto de vista de disseminação de resistência a antimicrobianos e consequentemente a saúde pública

Resumo (inglês)

Food safety is essential for society development, and foodborne diseases affect thousands of people every year. Among the main foodborne disease agents, Salmonella stands out as the most associated with hospitalizations and deaths. Pork products are an important source of nutrients for population and the most consumed meat in the world. Several reports reveal the presence of Multidrug Resistant (MDR) Salmonella strains in the pork production chain, and the occurrence of elements that allows transference of resistance genes between bacterial populations is related to this characteristic. The present study aimed to determinate the genetic bases associated with Antimicrobial Resistance (AMR) in nine MDR Salmonella strains isolated from swine mesenteric lymph-nodes, beside applying an in-silico protocol to determinate location of the AMR genes (chromosomal or plasmidial) and characterize resistance integrons. Different resistance genes for the same antimicrobial class were present in each strain, and gene localization was heterogenous, except for sulphonamides resistance genes, where all were classified as plasmidial. Five isolates harbored Class 1 ix integrons, which were classified in three distinct Integron Profiles (IPs). Comparison of IPs with sequences of GenBank database revealed that different species of bacteria, from different countries and isolation sources, including human clinical isolates had the same integrons. The diversity of resistance mechanisms for the same antimicrobial class in each strain can be a reflect of the high selection pressure that these bacterial lineages face during the pork production chain, and the presence of gene motility elements, like plasmids and integrons, that have already been isolated in different situations demonstrate the importance of these strains for AMR maintenance and dissemination, and consequently public health.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados