Infernando as ecologias a partir das artes-educações marginalizadas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-01-13

Orientador

Leite, Cesar Donizetti Pereira

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Ecologia - IB

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

Abstract This research is structured on memories of a personal insertion in the author's countercultural movements, an experience that justifies the interest, desire and importance of researching the proposed theme, of transcribing and exploring this possibility of an educational field. Memories and research representing them in patchwork arts that aim to explore the potential of marginalized arts as an educational "tool" that can enable or even reverse the ecological frameworks of environmental, social and subjective relationships. Sewing with lines of theoretical assimilations in the coating of bibliographic reviews. Investigating the (trans)formations of singularities through free artistic expression and the reception of these expressivities, and also understanding them as a revolutionary power of the molecular that expands from micropolitics to macropolitics

Resumo (português)

Resumo Esta pesquisa estrutura-se em memórias de uma inserção pessoal nos movimentos contraculturais do autor, vivência que justifica o interesse, desejo e importância de pesquisar o tema proposto, de transcrever e explorar essa possibilidade de campo educacional. Memórias e pesquisa representando-as em artes-retalhos que visam explorar as potencialidades das artes marginalizadas como "ferramenta" educacional que podem possibilitar ou até mesmo reverter os quadr(ad)os ecológicos das relações ambientais, sociais e subjetivas. Costurando com linhas de assimilações teóricas no revestimento de revisões bibliográficas. Investigando as (trans)formações de singularidades através da livre expressão artística e a recepção dessas expressividades e, ainda compreendendo-as como potência revolucionária do molecular que expande-se da micropolítica á macropolítica

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados