Botticelli: pintura e teoria

dc.contributor.advisorSilva, Arlenice Almeida da [UNESP]
dc.contributor.authorMendonça, Débora Barbam [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-06-11T19:26:19Z
dc.date.available2014-06-11T19:26:19Z
dc.date.issued2011-09-30
dc.description.abstractTrata-se de uma investigação dos aspectos filosóficos que envolviam o fazer artístico de Botticelli; tomando como cenário a cidade de Florença durante o Quattrocento. Este trabalho se realizou a partir de uma dupla abordagem, envolvendo um debate filosófico e historiográfico, cuja finalidade foi a de apresentar as discussões teóricas que permeavam a atividade dos artistas da época. Nosso trabalho contou com um aparato histórico, para que fosse possível configurar o Renascimento a partir do contexto em que as atividades culturais estiveram inseridas. Dentre as teorias distintas que visavam refletir sobre uma questão comum, o belo artístico, ressaltamos a proposta neoplatônica de Marsilio Ficino e a teoria pautada no cientificismo humanista de Leon Batista Alberti. A finalidade do embasamento teórico era de indicar aos artistas como deveria ser a composição de suas obras, como deveriam ser as apropriações a partir da Antiguidade, e, desta maneira, mostra como localizar a beleza dada pela natureza. Procuramos em nosso trabalho identificar o pintor Sandro Botticelli como exemplo legítimo da busca pela beleza artística, pela graça que resultava da reflexão sobre a arte como imitação eletiva da naturezapt
dc.description.abstractThis thesis is an investigation on the philosophical aspects involved in Botticelli’s painting, adopting Florence during the Quattrocento as the main scenario. This work has been done from a double approach, involving a historical debate and a philosophical one, which aims at showing theoretical discussions, that underlies the activity of artists of this period. The historical apparatus of our work allowed us to configure the Renaissance from the context in such cultural activities were inserted. Among the distinct theories that aim to think about the artistic beauty, we highlighted Marcelo Ficino’s Neo-platonic proposal and the theory based on Leon Batista Alberti’s Humanist Scientific. The goal of this theoretic foundation was to indicate how should be the composition of works made by artists and how should be the appropriation of Ancient by them, what, thus, implies at showing how we can locate beauty given by nature. We seek in our work to identify Sandro Botticelli as a genuine example of the questing for artistic beauty, for grace which results of reflection about art as elective imitation of natureen
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.format.extent108 f. il.
dc.identifier.aleph000690253
dc.identifier.capes33004110041P1
dc.identifier.citationMENDONÇA, Débora Barbam. Botticelli: pintura e teoria. 2011. 108 f. , 2011.
dc.identifier.filemendonca_db_me_mar.pdf
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/93137
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectBotticelli, Sandro, 1444 ou 5-1510pt
dc.subjectArte - Filosofiapt
dc.subjectEstéticapt
dc.titleBotticelli: pintura e teoriapt
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Filosofia e Ciências, Maríliapt
unesp.graduateProgramFilosofia - FFCpt
unesp.knowledgeAreaHistória da filosofia e história e filosofia da artept

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
mendonca_db_me_mar.pdf
Tamanho:
1000.82 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format