Ocorrência de anticorpos par o vírus da artrite equina em cavalos criados nas mesorregiões macro metropolitana paulista e Campinas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-04-27

Orientador

Borges, Alexandre Secorun
Ribeiro, Márcio Garcia

Coorientador

Pós-graduação

Medicina Veterinária - FMVZ

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O presente estudo investigou a ocorrência de anticorpos contra o vírus da arterite eqüina, utilizando a técnica de soroneutralização viral em 1.400 eqüinos criados nas Mesorregiões Macro Metropolitana Paulista e Campinas, pertencentes a 42 municípios do estado de São Paulo (SP), Brasil entre os meses de janeiro de 2007 a dezembro de 2008. Do total das amostras, 80 (5,71%) apresentaram anticorpos para o vírus (títulos entre 4 e 4096). Dentre os 42 municípios amostrados, 15 (35,7%) apresentaram pelo menos um animal sororeagente. Foram analisadas 238 propriedades das quais 41 apresentaram ao menos um animal sororeagente. A ocorrência de animais reagentes foi maior em cavalos destinados ao esporte, particularmente das raças de Salto e Quarto de Milha e foi semelhante entre machos e fêmeas. A ocorrência também foi maior em animais acima de 24 meses de idade. Os resultados obtidos sugerem a circulação do vírus nos criatórios amostrados e alertam para o impacto econômico- sanitário da doença para a eqüideocultura do estado de São Paulo

Resumo (inglês)

This study investigate the occurence of arteritis virus antibodies using virus neutralization teste in 1,400 equines from Campinas and Macro Metropolitan Paulista Mesoregions which belong to the 42 cities located on State of Sao Paulo, Brazil between january of 2007 until december of 2008. All the samples, 80 (5.71%) showed antibodies to equine arteritis virus (titers ranging from 4 to 4096). Among the 42 cities, 15 (35.7%) presented at least one positive animal to equine arteritis virus. Were studied 238 farms, and from these 41 showed at least one soropositive animal. The prevalence was higher in sport horses like Jumping Horses, Quarter Horses and was similar between females and males. The seropositive ocurrence was higher in animals above 24 months of age. These results suggest the circulation of virus among horse population in farms sampled and alert to sanitary and economical importance of this disease for the Sao Paulo State equine husbandry

Descrição

Idioma

Português

Como citar

BRAGA, Pollyana Rennó Campos. Ocorrência de anticorpos par o vírus da artrite equina em cavalos criados nas mesorregiões macro metropolitana paulista e Campinas. 2010. 68 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Botucatu, 2010.

Itens relacionados