Filosofia e estética na formação da criança: considerações a partir da novela filosófica Suki

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2008-08-25

Autores

Reis, Lígia de Almeida Durante Correa dos [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Este trabalho se foca na tentativa de responder às perguntas: Qual é o papel da estética no ensino de filosofia para crianças?; Quais as possibilidades para a formação da criança que podem ser vislumbradas a partir da união da experiência estética e da experiência do pensar? Para tanto analisou-se a novela Suki, de autoria de Matthew Lipman por ser o programa por ele definido para a Estética e dada à centralidade deste autor ao se falar em Filosofia para Crianças. Na busca de responder às perguntas acima expostas este trabalho apresenta o conceito de formação defendido pelos frankfurtianos e utilizado como categoria para análise do objeto deste estudo, bem como os conceitos de Indústria Cultural e semiformação. Enfim, a partir da defesa de uma infância plena, destaca-se a importância de unir a experiência do pensar e a experiência estética e, nesse sentido, são tecidos alguns comentários sobre a dimensão estética da proposta de Lipman. Conclui-se o texto apontando algumas possibilidades de união das experiências do pensar e estética sem redução dos elementos estéticos e da própria estética ou instrumentalização do pensar.
This paper’s focus is trying to answer the following questions: Which is the role of aesthetic in teaching philosophy to children?; Which are the possibilities to the children’s formation, that can be found through the union of aesthetic and thinking experiences? To answer them, the novel Suki, written by Matthew Lipman, was analyzed. This was due to the fact of this novel being the program defined by the author to the Aesthetic, and also, because of its author’s way of talking about Philosophy to Children. Trying to answer the questions mentioned above, this paper presents the concept of formation supported by the frankfurtians and used as category to the analysis of the object of the study, as well as the concepts of Cultural Industry and semiformation. Eventually, from the defense of a full childhood, we highlight the importance of joining the experience of thinking and the aesthetic experience and we also make some comments about Lipman’s aesthetic proposal. At the end of the text we present some possibilities of the aesthetic and thinking experiences’ union, without reducing the aesthetic elements, or the aesthetic itself, or the instrumentalization of thinking.

Descrição

Palavras-chave

Educação, Infancia e juventude, Educação de crianças, Literatura - Estetica, Childhood, Aesthetic, Semiformation

Como citar

REIS, Lígia de Almeida Durante Correa dos. Filosofia e estética na formação da criança: considerações a partir da novela filosófica Suki. 2008. 159 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, 2008.