A MINUSTAH sob a perspectiva de gênero: a participação das peacekeepers brasileiras e a problemática dos abusos e exploração sexual de mulheres haitianas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-02-27

Autores

Machado, Giovana Bispo

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente trabalho de conclusão de curso visa analisar a atuação das mulheres brasileiras na promoção de uma agenda de paz e segurança a partir da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH) e a problemática do abuso e exploração sexual durante o mandato da operação de paz. Dessa maneira, o estudo utiliza a abordagem das correntes feministas nas Relações Internacionais para desconstruir a realidade posta às relações de poder e a forma pela qual a hierarquia de gênero é uma questão evidente, sobretudo, nas questões de militarização. Assim sendo, recorre-se à realização de uma pesquisa qualitativa e analítico-descritiva, bem como à fontes primárias e dados empíricos como forma de avaliar a gradativa inserção da presença feminina enquanto agentes nas zonas de conflito e a importância de Resoluções da ONU e da criação da agenda “Mulheres, Paz e Segurança” em tentar diminuir a desigualdade de gênero nos contingentes militares do Brasil e casos de abuso e exploração sexual.
This course conclusion work aims to analyze the role of Brazilian women in promoting a peace and security agenda through the United Nations Stabilization Mission in Haiti (MINUSTAH) and the problem of sexual abuse and exploitation during the peace operation's mandate. In this way, the study uses the approach of feminist currents in International Relations to deconstruct the reality posed to power relations and the way in which gender hierarchy is an evident issue, especially in militarization issues. Therefore, a qualitative and analytical-descriptive research is used, as well as primary sources and empirical data as a way to evaluate the gradual insertion of the female presence as agents in conflict zones and the importance of UN Resolutions and the creation of the “Women, Peace and Security” agenda in trying to reduce gender inequality in Brazil's military contingents and cases of sexual abuse and exploitation.

Descrição

Palavras-chave

MINUSTAH, Gênero, Nações Unidas, Resolução 1325, Gender, United Nations, Resolution 1325

Como citar

MACHADO, Giovana Bispo. A MINUSTAH sob a perspectiva de gênero: a participação das peacekeepers brasileiras e a problemática dos abusos e exploração sexual de mulheres haitianas. Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2023.