Fisiologia do lactato e seu emprego no prognóstico de pacientes em estado grave

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-01-19

Orientador

Teixeira-Neto, Francisco José

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Medicina Veterinária - FMVZ

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

The severely ill patient presents several physiologic changes that lead to na inadequate oxygen delivery to tissues/organs, such as low cardiac output, hypotension, and microcirculatory changes. When tissue oxygen delivery cannot sustain aerobic metabolism, the cells will obtain energy (adenosine triphosphate) via lactic fermentation, which will result in an increase in plasma lactate levels. In human and veterinary medicine, plasma lactate allows to establish the severity and prognosis of severely ill patients, since it is expected that plasma lactate will show higher concentrations during advanced shock states, where there is a greater degree of organ dysfunction and greater probability of death. This literature review will approach the progression of this parameter in the severely ill patient, emphasizing its prognostic value and its usefulness in evaluating the effectiveness of treatment in animals

Resumo (português)

Os pacientes em estado grave apresentam diversas alterações fisiológicas que resultam em oferta inadequada de oxigênio aos tecidos/órgãos, como redução do débito cardíaco, hipo-tensão e alterações na microcirculação. Quando a oferta de oxigênio para os tecidos já não é suficiente para sustentar o metabolismo aeróbico, as células obtém energia na forma de ade-nosina trifostato por meio de fermentação lática, o que resulta em aumento dos níveis de lac-tato plasmático. Tanto na medicina humana como na veterinária, o lactato plasmático possibi-lita o estabelecimento da gravidade e prognóstico do paciente crítico, uma vez que se obser-vam maiores elevações do lactato plasmático em estados de choque avançados, onde há maior grau de disfunção de órgãos e maior probabilidade de morte. Esta revisão de literatura aborda-rá a progressão deste parâmetro no paciente em estado grave, enfatizando o seu valor no prognóstico e na avaliação da efetividade do tratamento em animais.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados