Objetos poéticos em contação de histórias: de mãos em mãos, novas ficções

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-11-23

Autores

Tomas, Larissa Monteiro Gonçalves [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente trabalho apresenta o encontro entre uma jovem educadora e a contação de histórias. O intuito aqui é percorrer o trajeto até então trilhado na relação da educadora com o ato de narrar: abordando desde o primeiro contato com uma narrativa, o processo de assimilação, preparo, contação e repercussões; e fundamentada por algumas literaturas existentes sobre o tema, discorrer sobre o assunto revisitando tal trajeto e levantando considerações. Partindo do princípio de que vivenciar, partilhar e ouvir experiências são construtores de conhecimento, o desenvolvimento da pesquisa é norteado pelo entendimento de que este trabalho em si é uma história narrada. O texto, além de ser composto por uma contextualização de onde parte o que será compartilhado e por memórias e registros de vivências da autora, também trata de pensar as potências da contação de histórias, como ato pedagógico e artístico, na formação estética, identitária, social, emocional e cognitiva das crianças e da própria educadora que narra. No decorrer da narrativa, um recurso de apoio para a prática da contação se expande para além da sua função inicial, se tornando um desencadeador de vivências poéticas nas mãos das crianças e ganha destaque neste trabalho: recurso este que aqui se opta por nomear como objeto poético. Se descobre a força que as narrativas exercem sobre o imaginário e a função social da contação de histórias, de possibilitar o aprendizado de outras ficções, de refutar uma única ficção hegemônica e encorajar a invenção de novas.
El presente trabajo presenta el encuentro entre una joven educadora y la narración. Se pretende aquí seguir el camino recorrido hasta ahora en la relación del educador con el acto de narrar: transitar desde el primer contacto con un cuento, el proceso de asimilación, elaboración, narración y repercusiones; y fundamentado en algunas literaturas existentes sobre el tema, traer discusiones revisitando tal camino y planteando consideraciones. Asumiendo que vivir, compartir y escuchar experiencias construyen conocimiento, el desarrollo de la investigación se guía por la comprensión de que este trabajo es en sí mismo una historia narrada. El texto, además de estar compuesto por una contextualización de donde parte lo que se compartirá y por memorias y registros de las vivencias del autor, también trata de pensar el poder que la narración, como acto pedagógico y artístico, puede tener en la formación de los niños y del docente que narra. En el transcurso de la escritura de este trabajo, un recurso de apoyo a la práctica de la narración se expande más allá de su función inicial, convirtiéndose en disparador de experiencias poéticas en manos de los niños y gana protagonismo en esta obra: recurso que se elige aquí como objeto poético. Se descubre el poder que ejercen las narrativas sobre el imaginario y la función social de la narración, posibilitando el aprendizaje de otras ficciones, refutando una única ficción hegemónica y fomentando la invención de otras nuevas.

Descrição

Palavras-chave

Contação de histórias, Arte e educação, Narrativas, Experiência, Infância, Objeto poético

Como citar