Efeito da suplementação dietética com aminoácidos funcionais para suínos em crescimento desafiados sanitariamente

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-08-31

Autores

Milla, Isabela Cristina

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Quando os animais são submetidos a fatores estressantes uma indução da resposta imune pode ser esperada. Isso pode ser considerado um dos principais aspectos que contribuem para a variação de desempenho dos animais especialmente na fase inicial de crescimento. A ativação do sistema imune altera a demanda do aporte de aminoácidos (AA), sejam estes ingeridos via dieta ou metabolizados a partir dos tecidos musculares, principalmente para a síntese de proteínas de resposta imune. Nesse contexto, estratégias nutricionais aminoacídicas podem ser capazes de atenuar a redução de desempenho de animais submetidos a uma condição de desafio sanitário. Dessa forma, o objetivo desse estudo foi avaliar o efeito da suplementação extra de uma combinação dos AA funcionais Treonina (Tre), Metionina (Met) e Triptofano (Trip) de forma preventiva, pré-desafio (durante a última semana da fase de creche) ou curativa, pós-desafio (durante a fase inicial de crescimento) sobre o desempenho de suínos na fase de crescimento desafiados com Salmonella Typhimurium com condições precárias de alojamento. Foram utilizados 60 leitões macho inteiros com 68 dias de idade (21,5 kg de peso inicial). Uma semana antes do desafio um grupo de leitões (n=30) foi alimentado com uma dieta controle, enquanto o outro grupo (n=30) recebeu uma dieta com suplementação extra de 20% nas relações Trip:Lis, Tre:Lis e Met+Cis:Lis. No D0 todos os animais foram inoculados com Salmonella Typhimurium e espalhado no galpão fezes de outra granja e os suínos foram distribuídos em blocos casualizados de acordo com o peso em quatro tratamentos: leitões alimentados com a dieta controle foram mantidos com a dieta controle (tratamento controle, n=15); outro grupo que foi alimentado com a dieta controle e passou a receber a dieta suplementada durante o período de desafio (tratamento curativo, n=15); no terceiro grupo, os leitões foram alimentados com a dieta suplementada e depois receberam a dieta controle (tratamento preventivo, n=15), e o último grupo foi mantido com a dieta suplementada (tratamento continuo, n=15) no período de final de creche e de crescimento. O animal foi considerado como unidade experimental. As dietas foram formuladas de acordo com as exigências nutricionais recomendadas pelo NRC (2012). O experimento teve duração de 28 dias. As variáveis estudadas foram consumo de ração, ganho de peso diário, eficiência alimentar, eliminação de ST e temperatura retal. No final do período experimental os resultados obtidos evidenciaram que a suplementação extra de Tre, Trip e Met, fornecida durante todo o período experimental (continua) se apresenta como uma estratégia capaz de atenuar o impacto negativo do desafio no desempenho comparada a suplementação de forma preventiva que não teve o mesmo efeito.
When animals are subjected to stressful factors, an induction of the immune response can be expected. This can be considered one of the main aspects that contribute to the performance variation of the animals, especially in the initial phase of growth. The activation of the immune system alters the demand for the supply of amino acids (AA), whether ingested via the diet or metabolized from muscle tissues, mainly for the synthesis of immune response proteins. In this context, amino acid nutritional strategies may be able to attenuate the performance reduction of animals submitted to a sanitary challenge condition. Thus, the aim of this study was to evaluate the effect of extra supplementation of a combination of the functional AAs Threonine, Methionine and Tryptophan in a preventive, pre-challenge (during the last week of the daycare phase) or curative, post-challenge (during the initial phase of growth) on the performance of pigs in the growth phase challenged with Salmonella Typhimurium with poor housing conditions. Sixty male piglets aged 68 days (21.5 kg of initial weight) were used. One week before the challenge, one group of piglets (n=30) was fed a control diet, while the other group (n=30) received a diet with an extra 20% supplementation in the Trip:Lys, Tre:Lys and Met ratios. +Cis:Lis. On D0, all animals were inoculated with Salmonella Typhimurium and feces from another farm were spread in the shed and the pigs were distributed in randomized blocks according to weight in four treatments: piglets fed the control diet were kept on the control diet (control treatment , n=15); another group that was fed the control diet and started to receive the supplemented diet during the challenge period (curative treatment, n=15); in the third group, the piglets were fed the supplemented diet and then received the control diet (preventive treatment, n=15), and the last group was maintained on the supplemented diet (continuous treatment, n=15) at the end of daycare and growth. The animal was considered as an experimental unit. The diets were formulated according to the nutritional requirements recommended by the NRC (2012). The experiment lasted 28 days. The variables studied were feed intake, daily weight gain, feed efficiency, ST elimination and rectal temperature. At the end of the experimental period, the results obtained showed that the extra supplementation of Tre, Trip and Met, provided throughout the experimental period (continues) is presented as a strategy capable of mitigating the negative impact of the challenge on performance compared to supplementation in a preventive way, which did not have the same effect.  

Descrição

Palavras-chave

Aminoácidos, Nutrição, Resposta imune

Como citar