Sobre o ritmo do português brasileiro: evidências de um padrão acentual

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

This paper aims to analyze the relationship between lexical and post-lexical phonological processes and the Brazilian Portuguese (BP) rhythm classification in syllable or stresstimed. As the rhythm is a phenomenon which operates in the post-lexical domain – according to Lexical Phonology Theory – it is suggested that the distinction between both domains in which the processes apply must be regarded. From this point of view and focusing the phonological processes that operate in the post-lexical domain, it is possible to point out evidences that support the consideration of BP as a stress-timed language.
Este trabalho tem como objetivo fazer uma análise sobre a relação entre processos fonológicos lexicais e pós-lexicais e a classificação do ritmo do Português Brasileiro (PB) como silábico ou acentual. Por ser o ritmo um fenômeno que opera no nível pós-lexical – de acordo com a Teoria da Fonologia Lexical –, sugere-se, aqui, que para a classificação do ritmo das línguas, seja levada em consideração a distinção dos níveis em que ocorrem os processos fonológicos (lexical e/ou pós-lexical). A partir deste ponto de vista, considerando-se os processos fonológicos que operam no PB no nível pós-lexical, foram encontradas evidências que podem classificar esta língua como língua de ritmo acentual.

Descrição

Palavras-chave

Rhythm, Phonological process, Brazilian Portuguese, Prosody, Ritmo, Ritmo lingüístico, Ritmo silábico, Ritmo acentual, Português Brasileiro

Como citar

Revista Virtual de Estudos da Linguagem, v. 8, n. 15, p. 310-328, 2010.