Ocorrência de larva migrans na areia de áreas de lazer das escolas municipais de ensino infantil, Araçatuba, SP, Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2000-12-01

Autores

Nunes, Caris Maroni [UNESP]
Pena, Fernanda C [UNESP]
Negrelli, Giuliano B [UNESP]
Anjo, Cristiano GS [UNESP]
Nakano, Mauro M [UNESP]
Stobbe, Neusa S [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Saúde Pública

Resumo

A areia das áreas de lazer de escolas podem constituir vias de transmissão para várias zoonoses parasitárias, representando risco potencial para as crianças que brincam nesses locais. Foi avaliada a ocorrência de agentes de larva migrans em 28 escolas municipais de ensino infantil de Araçatuba, SP. Foram colhidas 535 amostras de areia das áreas de lazer dessas escolas nos meses de janeiro (verão) e julho (inverno) de 1997 para estabelecimento da freqüência de isolamento de larvas e/ou ovos de Ancylostoma spp. e de ovos de Toxocara spp., pelos métodos de centrífugo-flutuação e de Baermann, respectivamente. A presença de larvas de Ancylostoma spp. foi observada, em pelo menos uma das amostras, em 35,7% (10/28) das amostras da primeira colheita (verão) e em 46,4% (13/28) quando da segunda colheita (inverno). Ovos de Toxocara spp. não foram encontrados e a presença de ovos de Ancylostoma spp. foi observada em 0,56% (3/535) das amostras.
There are sandboxes in public elementary school playground areas in Brazil, which can be harmful to children. They are at risk of cutaneous and visceral larva migrans infection caused by Ancylostoma spp. and Toxocara spp., respectively. The study was designed to investigate contamination by Toxocara spp. and/or their eggs and Ancylostoma spp. larvae in sand samples collected from the schools' sandboxes. Five hundred and thirty-five sand samples from 28 public elementary schools were collected during summer and winter and analyzed by both Baermann´s method and centrifugal flotation technique. Ancylostoma spp. larvae were found in 35.7% (10/28) schools in summer time and in 46.4% (13/28) schools in the winter time. Eggs of Toxocara spp. could not be recovered from the samples analyzed and eggs from Ancylostoma spp. were seen in 0.56% (3/535) of the samples.

Descrição

Palavras-chave

Cuidado da criança, Saúde escolar, Larva migrans visceral, Larva migrans, Toxocara canis, Ancylostoma, Microbiologia do solo, Areia, Child care, School health, Larva migrans, Larva migrans, Toxocara, Ancylostoma, Soil microbiology, Sand

Como citar

Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 34, n. 6, p. 656-658, 2000.