Potenciais efeitos do inseticida Tiametoxam em abelhas forrageiras de Apis mellifera

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-06-15

Autores

Mitri, Alicia Gallo de

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Abelhas Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae) são os principais polinizadores de plantas cultivadas em todo o mundo. Entretanto, o uso de agrotóxicos tem acarretado grande declínio na população desses polinizadores em diversas áreas agrícolas. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo avaliar os potenciais efeitos do inseticida Tiametoxam em abelhas forrageiras de A. mellifera, por meio da análise de dois parâmetros: taxa de mortalidade e potenciais alterações morfológicas nas células digestivas do intestino. As abelhas utilizadas foram coletadas de colônias localizadas no meliponário da Universidade Estadual Paulista (UNESP), campus Rio Claro, SP. Foram monitoradas diariamente após a exposição de xarope contaminado com o inseticida com doses subletais da concentração de campo (Cc/1.000). No quinto dia, indivíduos do grupo controle e grupo exposto foram coletados para os processos de dissecação do intestino, com posterior coloração e avaliação morfológica do órgão. Através dos dados estatísticos finais, verificou-se que concentrações campo de Tiametoxam causaram as seguintes alterações no órgão: perda de material citoplasmático, perda de borda em escova, eliminação de células para o lúmen e presença de células com núcleos picnóticos. O inseticida afetou a sobrevivência e órgãos das abelhas testadas, ressaltando a importância do estudo para novas pesquisas e preservação das abelhas.
Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae) bees are the primary pollinators of cultivated plants worldwide. However, the use of pesticides has been leading to a significant decline in the population of these pollinators in various agricultural areas. In this context, this study aimed to evaluate the potential effects of the insecticide Thiamethoxam on foraging A. mellifera bees, through the analysis of two parameters: mortality rate and potential morphological changes in the digestive cells of the intestine. The bees used were collected from colonies located in the meliponary of the São Paulo State University (UNESP), campus Rio Claro, SP. They were monitored daily after the exposure of syrup contaminated with sublethal doses of the field concentration (Cc/1,000). On the fifth day, individuals from the control group and exposed group were collected for dissecation of the intestine, with subsequent staining and morphological evaluation of the organ. Through the statistical data, it was found that field concentrations of Thiamethoxam caused the following alterations in the organ: loss of cytoplasmic material, loss of brush border, elimination of cells to the lumen, and presence of cells with pyknotic nuclei. The insecticide affected the survival and organs of the tested bees, highlighting the importance of the study for further research and preservation of bees.

Descrição

Palavras-chave

Células digestivas, Agrotóxicos, Hematoxilina-eosina, Avaliação morfológica., Digestive cells, Pesticides, Hematoxylin-eosin, Morphological evaluation

Como citar