A indústria do petróleo - disputa por territórios cada vez mais profundos

Imagem de Miniatura

Data

2016-03-21

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Energy is today a main strategic factor in human life, which within this moment of economic crisis turns even more central. From the energy sources used today – which is debated due its generation of social, environmental or economic problems – but, which is always defended by those who are willing to retake its rate of capital accumulation – which for petrol is one of the main source for it. Petrol is today, without doubt, one of the most important source of energy in the world which is highly disputed. The recent world invasions and massacres against the people sponsored manly by United States of America targets the control over the petrol sources, especially those in the Middle East. In Brazil the exploitation of this mineral starts with a big struggle “The oil is ours”, with the creation of an important company, Petrobras and of state monopoly. During the nineties, period of neoliberalism, this legal configuration has changed and opened for the open exploitation of private companies. This meant that the companies that exploited the oil were owners of the reserves. With the change to a “neo-developmental” government in 2002 and the discovery of Petrobras of new petrol reserves, called “pre-salt” in 2006, generated the debate on the destination of this important wealth, creating conditions for the approval of a new legal framework for the exploitation of the pre-salt. From 2006 we can see a big move in the industry, especially in Petrobras, which consolidates in Brazil a good condition for the development of this industry. In this study we investigate, today, this powerful oil industry, the major disputes from the point of view of the class struggle, and indicate areas where there is a tendency to deepen disputes in the coming period, understanding the dynamics of these disputes as a constant struggle.
A energia é hoje um fator central e estratégica na vida da humanidade, e ganha ainda mais centralidade neste momento de crise econômica. Das atuais fontes utilizadas, todas colocadas sempre em questão por problemas sociais, ambientais ou econômicos que geram, porém sempre defendidas pelos que querem retomar as taxas de acumulação do capital, o petróleo é uma das principais. No mundo sem dúvida o petróleo é hoje uma fonte de energia muito importante e intensamente disputada. As últimas invasões mundiais e massacre contra os povos, patrocinadas principalmente pelos Estados Unidos da América visam o controle das fontes de petróleo, em especial no Oriente Médio. No Brasil a exploração deste mineral inicia junto com uma grande luta de nosso povo afirmando que “O petróleo é nosso”, com a criação de uma importante empresa a Petrobras e do monopólio estatal. A partir dos anos 90, período neoliberal, esta configuração legal foi alterada abrindo-se a possibilidade de exploração por empresas privadas, que passam a serem donas do petróleo que conseguirem extrair em território brasileiro. A ascensão de um governo de composição neodesenvolvimentista, a partir de 2002, a descoberta do Pré-sal em 2006, traz à tona o debate sobre o destino desta importante riqueza, criando as condições para a aprovação de um novo marco legal para o pré-sal. A partir de 2006 percebe-se um grande movimento desta indústria, e em especial da Petrobras, que consolida o Brasil como país em boas condições para o seu desenvolvimento. Neste estudo investigamos, na atualidade, esta poderosa indústria do petróleo, as grandes disputas sob o ponto de vista da luta de classes, e indicamos territórios onde, em tendência, podem se aprofundar as disputas no próximo período, compreendendo a dinâmica destas disputas como parte de uma luta constante.

Descrição

Palavras-chave

Energy, Petrol, Territory, Territory, Pre-salt, Disputes, Energia, Petróleo, Território, Pré-sal, Disputas

Como citar