Avaliação e viabilidade técnica para aproveitamento de resíduo de serraria de quatro espécies de madeira para produção de painéis aglomerados homogêneos e heterogêneos

dc.contributor.advisorSilva, Sérgio Augusto Mello da [UNESP]
dc.contributor.advisorPinto, Edna Moura
dc.contributor.authorSouza, Matheus Viana de
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2022-04-26T11:09:38Z
dc.date.available2022-04-26T11:09:38Z
dc.date.issued2022-04-19
dc.description.abstractA alta demanda por novos materiais alternativos, que visam substituir o uso dos materiais convencionais, vem, de certa forma, ganhando espaço na construção civil a partir de inovações sustentáveis. No meio científico, não é recente a ideia de se utilizar o reaproveitamento de resíduos madeireiros para produção dos painéis aglomerados (painéis fabricados com partículas de madeira), com o objetivo de diminuir ou substituir o uso de madeiras nativas ou de áreas de florestas plantadas, trazendo também a proposta de usar adesivos que agridem menos ao meio ambiente e que não prejudicam a saúde de seus fabricantes. O Eucalipto (Eucalyptus urophylla), o Pinus (Pinus caribaea), a Seringueira (Hevea brasiliensis) e a Teca (Tectona grandis) são espécies cultivadas em florestas plantadas em território nacional, sendo as duas primeiras espécies mais utilizadas para a fabricação de aglomerados em escala de produção fabril. O resíduo de serraria é o material gerado pelo processo de aplainamento ou redução da seção utilizada na madeira, pelo qual se produz uma grande quantidade de resíduo que, na maioria das vezes, não possui um descarte adequado, sendo utilizado para queima ou aterramento. O presente estudo teve como ideia central utilizar esse material residual, sem passar por nenhum processo prévio de homogeneização das partículas, no trabalho com dois tratamentos para a fabricação de painéis, o primeiro para se produzir painéis homogêneos e o segundo, heterogêneos (painéis com mais de uma camada), com o intuito de encontrar quais das quatro espécies utilizadas obtiveram os melhores resultados em ambos os tratamentos. Foi utilizado o adesivo ecológico PUR (poliuretano derivado do óleo de mamona), sendo 10% em peso seco no primeiro tratamento e 12% no segundo, de forma a confeccionar os painéis com densidade inicial de 0,550g/cm³, com 50kgf/cm² prensados durante 10 minutos, e os materiais foram avaliados de acordo com os parâmetros normativos da NBR 14810-2:2018.pt
dc.description.abstractThe high demand for new alternative materials that aim to replace the use of conventional materials has been gaining popularity in civil construction based on sustainable innovations. In the scientific field, the idea of reusing wood residues for the particleboards production (panels made with wood particles) is not recent, with the objective of reducing or replacing the use of native wood or areas of planted forests, also bringing the proposal to use adhesives that are less harmful to the environment and to the health of their manufacturers. The Eucalyptus (Eucalyptus urophylla), Pinus (Pinus caribaea), Rubber Tree (Hevea brasiliensis) and Teak (Tectona grandis) are species cultivated in planted forests in the country, the first two species being the most used for the agglomerates manufacturing on a production scale. The sawmill residue is the material generated by the planning process or reduction of the section used in the wood, whereby it produces a large amount of residue that, in most cases, does not have a proper disposal, being used for burning or backfilling. The main idea of the present study was to use this residual material, without going through any previous process of homogenization of the particles, in two treatments for panels manufacturing, the first to produce homogeneous panels and the second for heterogeneous ones (particleboards with more than one layer), in order to find which of the four species mentioned had the best results in both treatments. The ecological adhesive PUR (polyurethane derived from castor oil) was used, being 10% in dry weight in the first treatment and 12% for the second one, making the panels with an initial density of 0.550g/cm³, with 50kgf/cm² pressed for 10 minutes, and all the materials were evaluated according to the normative parameters of NBR 14810-2:2018.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.description.sponsorshipIdCAPES: 001
dc.identifier.capes33004099084P5
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/217998
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.subjectResíduo de serrariapt
dc.subjectMaravalhapt
dc.subjectPainéis homogêneospt
dc.subjectPainéis heterogêneospt
dc.subjectSawmill wasteen
dc.subjectWood shavingsen
dc.subjectHomogeneous panelsen
dc.subjectHeterogeneous panelsen
dc.titleAvaliação e viabilidade técnica para aproveitamento de resíduo de serraria de quatro espécies de madeira para produção de painéis aglomerados homogêneos e heterogêneospt
dc.title.alternativeEvaluation and technical feasibility for the use of sawmill waste from four species of wood for the production of homogeneous and heterogeneous particleboardsen
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Engenharia, Ilha Solteirapt
unesp.embargoOnlinept
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
unesp.graduateProgramEngenharia Civil - FEISpt
unesp.knowledgeAreaOutrapt
unesp.researchAreaMateriais Alternativos de Construçãopt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
souza_mv_me_ilha.pdf
Tamanho:
4.25 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
3.06 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: