Num quintal da globalização: reflexos do processo de “ocidentalização do mundo” na educação brasileira de ensino médio

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2000-12-21

Autores

Miranda, Marília Faria de

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A Nova Ordem Mundial que atualmente impera – também denominada de Globalização ou “Ocidentalização do Mundo” – foi “profetizada” por McLuhan há várias décadas, como sendo a organização do mundo em uma grande aldeia global, dentro da qual os países se relacionariam como parte integrante dela. Contemporaneamente, a profecia se concretiza por meio da internacionalização da economia, bem como da revolução informacional e, nessas esferas, os diversos países da aldeia global se inter-relacionam como se fossem seus quintais. Os dirigentes desta organização interferem na governabilidade de cada país e, até mesmo nos destinos da educação. Nesta pesquisa são analisadas algumas das implicações desta atual fase na reorganização da educação escolar em um de seus quintais, o Brasil. Um reflexo desse movimento está na exigência do aumento da escolaridade mínima requerida a cada trabalhador ampliando, no contexto histórico contemporâneo, o conceito de educação básica compreendida até o 2o grau completo. Atualmente se denomina esse grau da educação escolar brasileira de Ensino Médio, de acordo com a nova LDB no 9.394/96 – como já ocorre em muitos países. O princípio, que está por trás das propostas educacionais maiores, internacionais, mundiais, é fundamentado em uma lógica de mercado. Entretanto, há diferentes necessidades e diferentes respostas ocorrendo em diferentes etapas, conforme as potencialidades locais, nacionais e, no Brasil, estaduais. Além dessa análise, esta abordagem tem como recorte, na forma de um estudo de caso, a verificação do grau e das possibilidades de autonomia das comunidades escolares, diante das propostas oficiais em andamento no Estado do Paraná para o seu Ensino Médio. A educação escolar pública de nível médio paranaense está sendo reformulada através do PROEM – Programa de Expansão, Melhoria e Inovação no Ensino Médio. O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) financia este programa de reforma que já contém modificações, referentes à retirada da profissionalização neste nível de educação, advindas das reações das comunidades escolares e sindicais. Com este trabalho, procura-se demonstrar alguns reflexos do processo de globalização na educação brasileira, apontando suas implicações e consonâncias nas reformulações do sistema educacional paranaense de nível médio e que podem ser generalizadas para o âmbito nacional da educação escolar, em resposta aos Senhores do Mundo.
The worldwide new order which reigns at the present today - also called Globalization or "World Occidentalization", was predicted by McLuhan some decades ago as being the organization of the world in a big global village, inside which countries would relate with themselves as integrated part of it. Nowadays, the prediction is made concrete through internationalization of economy and also information revolution and the several countries of the global village interrelate with themselves as if they were their own yard. The leaders of this Organization interfere on the government of each country and, inclusively, on education purposes. This research analyses some implications of this present stage, on reorganization of scholar education in one its yards, Brazil. A reflex of this movement is on the exigency of increasing the minimum school days required of each worker enlarging, in the contemporary historical context, the conception of basic education which comprehends the conclusion of high school, currently called Ensino Médio - Intermediary Education, in Brazil, according to New Educational Guidelines - LDB 9.394/96, and common in many countries. The logic and the principle that lie behind larger international educational purposes is a market logic. However, there are different needs and different answers, occurring on different stages, according to local, national and, in Brazil, state potentialities. Besides this analysis, this research work also addresses, in a case study format, a verification of the level and possibilities of autonomy of scholar communities before official proposals for high school education in the State of Paraná. The public scholar education at high school level in Paraná is being reformulated through PROEM (Program of Expansion, Improvement, and Innovation of High School). The Interamerican Development Bank - BID supports this program, which already has some modifications that came from syndicate and school communities’ reactions to the exclusion of professional qualification at this level of education. With this work, we try to show some reflexes of the Globalization Process on Brazilian Education, highlighting their implications and consonance in the reformulation of Paraná's high school education system that may be generalized for the national context of scholar education, in response to the "Lords of the World".

Descrição

Palavras-chave

Globalização, Ensino médio no Brasil, Educação paranaense, PROEM, Autonomia das comunidades escolares, Globalization, "World occidentalization", High school education in Brazil, Paraná's education, Autonomy of scholar communities

Como citar

MIRANDA, Marília Faria de. Num quintal da globalização: reflexos do processo de “ocidentalização do mundo” na educação brasileira de ensino médio. Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2023.