Uma abordagem lógica para o gerenciamento de identificadores de objetos em sistemas gerenciadores de banco de dados não convencionais

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-05-21

Autores

Ferrizzi, André Cid [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Os Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados Não Convencionais são utilizados por aplicações que necessitam de e ciência no gerenciamento de objetos complexos. Um dos conceitos fundamentais nestes sistemas e o de identidade de objetos, pois em uma base de dados cada objeto possui um identificador unico que e utilizado para acessá-lo e referenciá-lo em relacionamentos com outros objetos. A implementação de identidade pode ser feita com OIDs físicos ou OIDs lógicos. A abordagem física apresenta o problema de fragmentação da base de dados, pois os OIDs são formados diretamente pelos endereções dos objetos. Já a abordagem lógica não tem este problema, e as técnicas são arvore-B, hashing e mapeamento direto. Cada uma destas abordagens apresenta um determinado problema: arvore-B pode ocupar muita mem oria e o tempo de mapeamento possui complexidade logar tmica; em hashing ocorrem colisões pois o conhecimento prévio do tamanho da tabela hash se torna inviável em base de dados, que crescem de maneira imprevisível; e por ultimo, mapeamento direto, que apesar de possuir o menor tempo de mapeamento dentre as três abordagens, não permite a relocação de todas as páginas da base de dados. Uma outra abordagem lógica é utilizada no Núcleo Gerenciador de Dados Multimídia (NUGEM), o qual vem sendo desenvolvido junto ao Grupo de Banco de Dados do IBILCE de São José do Rio Preto com o intuito de gerenciar dados não convencionais. Neste trabalho e proposta uma nova estrutura e funcionalidades para a t ecnica de gerenciamento de OIDs, cuja experimenta cão foi efetivada junto ao NUGEM, caracterizando uma nova abordagem com um menor tempo de manipulação dos OIDs, a qual pode ser nomeada de mapeamento indireto. E tamb em avaliado o esgotamento de OIDs, comprovando-se que este não representa um problema para a abordagem de mapeamento indireto. Em comparaçãocom as abordagens...
Non-Conventional Database Management Systems are used for applications that require e cient management of complex objects. One fundamental concept of these systems is object identity, because in a database each object has a unique identi er that is used to access it and reference it in relationships with another objects. The implementation of identity can be made with physical OIDs or logical OIDs. The physical approach presents the problem of fragmenting the database, because the OIDs are formed directly by addresses of objects. The logical approach does not have this problem, and the techniques are B-tree, hashing and direct mapping. Each of these approaches presents a particular problem: B-tree can occupy a lot of memory and its mapping time is logarithmic, in hashing collisions occur because the prior knowledge of the table size becomes a problem in databases, which grow in unpredictable ways, and nally, direct mapping, which despite having the smallest mapping time of the three approaches, does not allow the relocation of all pages in the database. Another logical approach is used in the Multimedia Data Manager Kernel (NUGEM), which is being developed by the Database Group at IBILCE, S~ao Jos e do Rio Preto, S~ao Paulo, Brazil, in order to manage non-conventional data. This work proposes a new structure and features for the OID management, which was tested in NUGEM, featuring a new approach with a shorter handling time of OIDs, that can be named indirect mapping. It is also evaluated the exhaustion of OIDs, proving that this is not a problem for the indirect mapping approach. Compared with the approaches of the literature, the approach of indirect mapping has constant mapping time, uses less memory than the B-tree approach, has no problems like collisions and, unlike direct mapping, allows total exibility for relocating pages in the database

Descrição

Palavras-chave

Banco de dados - Gerencia, Software - Desenvolvimento, Database management systems

Como citar

FERRIZZI, André Cid. Uma abordagem lógica para o gerenciamento de identificadores de objetos em sistemas gerenciadores de banco de dados não convencionais. 2010. 72 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, 2010.