Arborização de vias urbanas: potencial de sombreamento das espécies

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2016-02-19

Autores

Silva, Wilton Dias da [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A arborização de vias urbanas pode se constituir num elemento bastante eficaz na amenização de altas temperaturas na camada intraurbana, através de mecanismos de sombreamento e evapotranspiração. Entretanto, entre os variados tipos de espécies arbóreas, quais seriam as mais indicadas para utilização na arborização das vias, a fim de mitigar a temperatura do ar no ambiente urbano? A utilização de ferramentas computacionais é uma alternativa para análise desta questão, tendo em vista que, o uso destes programas auxilia as pesquisas na área de planejamento e avaliação do ambiente construído, por meio da simulação de variados cenários. Um programa bastante utilizado para estudos de interação entre a vegetação e microclimas urbanos é o ENVI-Met, o qual, no entanto, não contém em seu banco de dados, parâmetros relativos a espécies brasileiras, em particular as de cerrado, o que pode gerar cenários microclimáticos incorretos. O objetivo desta pesquisa é propor um método para avaliação do potencial de sombreamento de espécies usadas em arborização de vias urbanas. Para tanto, foram realizados medições de radiação solar incidente sob copas de algumas espécies, usadas no sombreamento de vias urbanas da cidade de Bauru (SP), cujos resultados foram comparados com os parâmetros das mesmas espécies simulados pelo ENVI-Met. A partir do tratamento dos dados foi gerada uma ferramenta, através da qual é possível extrapolar os resultados para escolha de outras espécies. Assim, espera-se que este método contribua para a indicação de espécies que contenham potencial para mitigação da temperatura do ar nos ambientes construídos.
The afforestation of the urban streets can be a very effective element in the mitigation of high temperatures in urban layer through shading mechanisms and evapotranspiration. However, among the various types of tree species, which are the best indicated for use in street afforestation, to mitigate the air temperature in the urban environment? The use of computational tools would be an alternative to analyze this question, given that the use of these programs help in the research on planning and evaluation of the built environment through the simulation of various scenarios. A program widely used to study the interaction between urban vegetation and microclimates is the ENVI-Met, which, however, does not contain parameters in your database relating to brazilians species, particularly the cerrado species, which can create incorrect microclimatic scenarios. The aims of this research is to propose a method to evaluation of potencial shading of species used in afforestation of urban streets. For that, radiation measurements were performed in incident solar canopies of some species used in shading urban streets of the city of Bauru (SP), whose results were compared with the parameters of the same species simulated by ENVI-Met. From the processing, a tool was generated through which it is possible to extrapolate the results to select other species. Thus, it is expected that this method contributes to the indication of species that contain potential for mitigating the air temperature in the built environment

Descrição

Palavras-chave

Arborização urbana, ENVI-Met, Ambiente construído, Planejamento urbano, Urban forestry, Built environment, Urban planning

Como citar