Contribuições de hibridez para bibliotecas no enfoque do desenvolvimento social das comunidades

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-03-16

Autores

Silva, Rafaela Carolina da [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

As propriedades distintivas e fundamentais das bibliotecas modificam-se com o passar do tempo e estas instituições são influenciadas pelas necessidades e particularidades das comunidades às quais atendem, que, por conseguinte, também passam por transformações. Algumas mudanças são relevantes e refletem na nomenclatura utilizada para se referir às características das bibliotecas, como é o caso das bibliotecas tradicionais e das bibliotecas híbridas. Compreende-se que a sociedade não pode trabalhar com um conceito aplicado a uma dada realidade se este não se adequar às suas apreensões específicas. Da mesma maneira, o sentido de existência de uma instituição pode não ser compreendido por completo se ela não se atualizar para integrar a sociedade. Esta pesquisa defende a tese de que o paradigma da hibridez para bibliotecas se estagnou na década de 1990, no entanto a gestão das bibliotecas se modificou, uma vez que elas se atrelam às suas comunidades. Objetivou-se propor um conceito de biblioteca híbrida embasado na análise discursiva das novas perspectivas de contributo social, a fim de possibilitar a integração da complexidade, do conhecimento e da inovação, bem como acompanhar a trajetória sociocultural das comunidades. Buscou-se discutir não somente o envolvimento das tecnologias em bibliotecas, mas a maneira pela qual a biblioteca híbrida poderia contribuir para o desenvolvimento de comunidades. A caracterização da pesquisa é qualitativa, explicativa e exploratória, de caráter teórico-epistemológico e de campo. O método utilizado foi a Análise do Discurso Multimodal. Como ferramentas de coleta de dados, usou-se a pesquisa bibliográfica, para a coleta em bases de dados específicas e correlatas à área da Ciência da Informação, e a pesquisa de campo, para coletar dados em bibliotecas híbridas do Missouri e do Kansas, Estados Unidos da América. Como resultados foi possível identificar que a hibridez deve ser compreendida para além de sua estrutura física, como fator de representatividade para o desenvolvimento de comunidades. A hibridez confere novos modos de se utilizar a tecnologia em favor da constituição de um coletivo inteligente, abrangendo redes complexas de saberes, que podem se unir e trazer diferentes olhares para as bibliotecas. Dentre seus elementos constitutivos, destacam-se a disponibilização de recursos em grande escala, a informação impressa, a informação digital, os serviços integrados de informação, a interação entre indivíduos e tecnologia e o impacto dessas bibliotecas nos tipos de gestão pública, ou seja, no desenvolvimento humano, social, econômico, cultural e sustentável. Sendo assim, falar em hibridez é remeter-se a um modelo de gestão para bibliotecas, que pode ser aplicado aos seus mais variados tipos.
The distinctive and fundamental libraries’ properties are changed over time, so these institutions are influenced by the needs and particularities of their communities, which also are transformed. Some of these changes reflected in the nomenclature used to refer to the characteristics of the libraries. This is the case of the traditional and hybrid libraries. The society cannot work with a concept adapted to the particularities of a specific community, of it does not focus on the communities’ specificities. In the same way, an institution may not be fully understood if it is not updated to integrate the society. This research defends the thesis that hybridity paradigm for libraries stagnated in the 1990s, however, the library management changed, because of their communities’ needs. From this perspective, this study aimed to propose a hybrid library concept based on the discursive analysis of the integration of complexity, knowledge, innovation, and socio-cultural trajectory of communities. That is, based on the discursive analysis of the existence of a social contribution that integrates the complexity, knowledge and innovation in the interaction with the society. It sought to discuss the involvement of the technologies in libraries, as well as their community development. The study is qualitative, exploratory, and carried out a theoreticalepistemological and field research. It used the Multimodal Discourse Analysis as research method. The Bibliographic Research was used as a tool to collect data in specific and related Information Science databases. The Field Research was used as a tool to collect data in hybrid library environments placed in the State of Missouri and Kansas, United States of America. As results was possible to identify that hybridity should be understood beyond its physical infrastructure, as a representative factor to develop communities. The hybridity promotes ways to use technology in favor of a collective intelligence, approaching knowledge networks, which can bring new perspectives to the libraries. Among its constitutive elements, the availability of largescale resources, printed and digital information, integrated information services, interaction between people and technology, as well as the impact of these libraries on the public management, such as human, social, economic, cultural, and sustainable development are highlighted. Thus, to speak of hybridity means to refer to a model of management for libraries, which can be applied to its most varied types.

Descrição

Palavras-chave

Hibridez em bibliotecas, Conceito de biblioteca híbrida – efeito de sentido, Esfera pública, Desenvolvimento de bibliotecas, Macrobibliotecas, Hybridity in libraries, Concept of hybrid library – meaning effect, Public sphere, Libraries’ development, Macrolibraries

Como citar

SILVA, Rafaela Carolina da. Contribuições de hibridez para bibliotecas no enfoque do desenvolvimento social das comunidades. Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2023.