Tendências privatizantes na Educação Infantil e qualidade: uma revisão bibliográfica

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-01-10

Orientador

Borghi, Raquel Fontes

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Pedagogia - IB

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O avanço de parcerias entre redes municipais e iniciativas privadas na Educação Infantil, tem revelado uma clara opção do Estado por uma política de conveniamentos para esta etapa de ensino. Diante desse cenário de cunho neoliberalista, destacam-se a falta de investimento público nessa etapa de ensino e a propagação da qualidade ilusória do atendimento conveniado (neste sentido, ressalta-se a lógica de que a qualidade da educação é variada de acordo com os aspectos sociais que a permeiam), contudo, torna-se necessário evidenciar as principais características desse processo, em termos de qualidade nas creches e pré-escolas, e como se dá a atuação do setor privado para atender à demanda de alunos da Educação Infantil. Sendo assim, por meio de uma revisão bibliográfica de artigos coletados do Scientific Electronic Library (SciElo), o presente trabalho tem como objetivo geral analisar as ampliações das tendências privatizantes, e assim, destacar limites e potencialidades das mesmas. Portanto, a partir dessa conjuntura, torna-se preciso compreender por quais razões a rede pública recorre às iniciativas privadas. Embora tais estratégias privatizantes tenham se proliferado em diversas regiões do Brasil, a pesquisa, contudo, irá reafirmar a importância da educação pública ser mantida e administrada pelo poder público.

Resumo (inglês)

The advance of partnerships between municipal networks and private initiatives in Early Childhood Education has revealed a clear choice by the State for a policy of agreements for this stage of education. However, it is necessary to highlight the main characteristics of this process, in terms of quality in kindergartens and preschools, and how the private sector operates to meet the demand of students in kindergarten. Thus, through a literature review of articles collected from the Scientific Electronic Library (SciElo), this paper aims to analyze the expansion of privatization trends, and thus highlight their limits and potentialities. Therefore, from this conjuncture, it becomes necessary to understand why the public network resorts to private initiatives. Although such privatizing strategies have proliferated in several regions of Brazil, the research, however, will reaffirm the importance of public education being maintained and administered by the public authorities.

Descrição

Idioma

Português

Como citar