Ocorrência de alteradores endócrinos e fármacos nas águas de abastecimento público e ETE, em duas cidades da área de abrangência da UGRHI-21 e 22

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-03-16

Orientador

Marchi, Mary Rosa Rodrigues de

Coorientador

Pós-graduação

Química - IQ

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

The presence of pharmaceutical compounds and estrogens in aquatic environments is well reported in the World literature. In Brazil, studies on the occurrence of pharmaceuticals in drinking water sources are almost non-existent and those related to estrogen have not yet reached the innermost areas, such as the state of São Paulo. In this study, we investigated the occurrence of estriol, 17-estradiol, 17-ethinylestradiol, atenolol, propranolol and ciprofloxacin in river water in order to evaluate the efficiency of water treatment and sewage in the elimination of these substances in two area towns scope of UGRHI 21 (Marilia) and 22 (Presidente Prudente). The method includes solid phase extraction (SPE) for water, developed analytical criteria of reliability (accuracy, precision, selectivity, and robustness assessment matrix effect) followed by analysis by HPLC-FLD C18 column and gradient elution mode. The limits of detection and quantification method ranged from 0,016 a 0,28 μg mL-1 and from 0,048 a 1,05 μg mL-1, respectively. The method showed an average recovery and relative standard deviations between 97-73% and 0.01 to 0.15% respectively. In Marilia detected the presence of estrogen to the amount of ETA's, being more present E3 and EE2. In Presidente Prudente, detection happened just upstream of the WWTP for the same analytes. The drugs at all collection points, as well as estrogens downstream of the collection points, in collection point of Rio do Peixe and Presidente Prudente catchment pond, were below the limits and quantification method. Since it is expected the occurrence of estrogens in the study area, future studies should be expanded in territorial terms in both UGRHI's, taking into account the seasonality and other compartments of water resources where they can be associated, such as particulate matter and sediments.

Resumo (português)

A presença de compostos farmacêuticos e estrógenos nos ambientes aquáticos está bem relatada na literatura Mundial. No Brasil, os estudos sobre a ocorrência de fármacos em mananciais de abastecimento são quase inexistentes e os referentes aos estrógenos ainda não atingiram áreas mais interiores, como as do estado de São Paulo. Neste trabalho foi investigada a ocorrência de estriol, 17- estradiol, 17-etinilestradiol, atenolol, ciprofloxacino e propranolol em água de rio, visando a avaliação da eficiência do tratamento de água e esgoto na eliminação destas substâncias em duas cidades da área de abrangência da UGRHI 21 (Marília) e 22 (Presidente Prudente). O método incluiu extração em fase sólida (SPE) para água, desenvolvidos com critérios de confiabilidade analítica (exatidão, precisão, seletividade, robustez e avaliação de efeito matriz) seguido de análise por HPLC-FLD em modo de eluição gradiente e coluna C18. Os limites de detecção e quantificação do método variaram de 0,016 a 0,28 μg mL-1 e 0,048 a 1,05 μg mL-1, respectivamente. O método apresentou recuperação média e coeficiente de variação entre 97 a 73% e 0,01 a 0,15% respectivamente. Em Marília detectou-se a presença dos estrógenos à montante das ETA's, sendo mais presente o E3 e EE2. Em Presidente Prudente, a detecção aconteceu apenas à montante da ETE para os mesmos analitos. Os fármacos em todos os pontos de coleta, assim como os estrógenos à jusante dos pontos de coleta, no ponto de coleta do Rio do Peixe e na lagoa de captação de Presidente Prudente, estiveram abaixo dos limites e quantificação do método. Dado que é prevista a ocorrência de estrógenos na área de estudo, estudos futuros deverão ser ampliados em termos territoriais em ambas UGRHI's, levando em consideração a sazonalidade e outros compartimentos do recurso hídrico onde possam estar associados, como o...

Descrição

Idioma

Português

Como citar

MELLO, Patrícia Cavani Martins de. Ocorrência de alteradores endócrinos e fármacos nas águas de abastecimento público e ETE, em duas cidades da área de abrangência da UGRHI-21 e 22. 2015. 104 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Química, 2015.

Itens relacionados

Financiadores