Manifestation of molar-incisor hypomineralisation in twins: clinical case reports

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2013
Autores
Fragelli, Camila Maria Bullio [UNESP]
Jeremias, Fabiano [UNESP]
Santos-Pinto, Lourdes Aparecida Martins dos [UNESP]
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Editor
Resumo
Molar-incisor hypomineralisation is a qualitative defect of dental tissue of systemic origin affecting one or more permanent first molars and sometimes the permanent incisors as well. There are still no conclusive data on the aetiology of this hypomineralisation, however, systemic factors such as respiratory diseases and prenatal and perinatal complications are regarded as possible causes. The objective is to present three clinical cases of twins, one Monozygotic and two Dizygotic Twins with molar-incisor hypomineralisation, showing evidence of its manifestation as well as clinical the characteristics and aetiological factors involved. The clinical findings involving twins suggest that ameloblasts are specifically affected in their developmental phase, which includes a number of factors. Although prenatal and perinatal complications are not decisive in the development of molar-incisor hypomineralization, it is suggested a possible genetic susceptibility to the disease. Prospective observational studies using a population sample containing data on the last three months of gestation to the eruption of permanent teeth are needed to confirm the causeeffect relationships.
A Hipomineralização molar-incisivo é um defeito qualitativo do tecido dental, de origem sistêmica, que afeta um ou mais primeiros molares permanentes e, por vezes, os incisivos permanentes. Ainda não há dados conclusivos sobre a etiologia desta hipomineralização, no entanto, os fatores sistêmicos, como doenças respiratórias e complicações pré- natais e perinatais são considerados como possíveis causas. O objetivo deste estudo é apresentar três casos clínicos de crianças gemelares, sendo um casal de gêmeos monozigóticos, e dois gêmeos dizigóticos com a alteração de hipomineralização molar-incisivo, além de mostrar evidências de sua manifestação, bem como as características clínicas e os fatores etiológicos envolvidos. Os achados clínicos envolvendo gêmeos mostram que ameloblastos são especificamente afetados em sua fase de desenvolvimento, que inclui uma série de fatores, como complicações pré-natais e perinatais, porém não decisivos no desenvolvimento da alteração e sugere ainda uma possível susceptibilidade genética para a esta doença. São necessários estudos observacionais prospectivos utilizando uma amostra da população, contendo dados sobre os últimos três meses de gestação até a erupção dos dentes permanentes para confirmar as possíveis relações de causa-efeito.
Descrição
Palavras-chave
Pediatric dentistry, Tooth desmineralization, Twins, Odontopediatria, Desmineralização do dente, Gêmeos
Como citar
Brazilian Dental Science, v. 16, n. 2, p. 90-96, 2013.