A inserção e os tempos verbais no Português falado

Imagem de Miniatura

Data

2006-04-04

Autores

Fernandes, Maria Alice de Mello [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta tese aborda o estudo da inserção - uma das estratégias do Português falado - e o uso dos tempos verbais com base nos princípios teóricos da Lingüística na visão da Lingüística Textual e da Semântica. Para a investigação analisaram-se excertos do corpus, constituído por inquéritos do Projeto de Estudo da Norma Lingüística Urbana Culta de São Paulo, do Atlas Lingüístico de Mato Grosso do Sul e do Projeto Filologia Bandeirante e Português Popular do Brasil, ambos de São Paulo, com informantes de sexo diferente, além de faixa etária e escolaridade variadas. Foram analisados, nesses excertos, a natureza e as funções do fenômeno da inserção, o uso dos tempos verbais nos diferentes tipos de inserções, a relação entre o uso dos tempos verbais nas inserções e nos segmentos anteriores e posteriores a elas, além da relação entre o uso dos tempos verbais e a atitude comunicativa e a perspectiva comunicativa, além do relevo, quando pertencentes ao mundo narrado. A partir dos dados obtidos, em análise qualitativa, verificou-se que existem variações quanto às transições verbais nos diferentes estados e entre informantes e que a inserção não interrompe a seqüência textual; pelo contrário, contribui para a coerência, o que justifica a maior freqüência das funções explicativas e de comentário. Observou-se, ainda, que o uso dos tempos verbais, tanto no caso das transições homogêneas como nas heterogêneas está sempre subordinado ao discurso e o discurso aos temas desenvolvidos, e ambos às características sociais de seus falantes.
This dissertation studies insertion- one of the strategies of spoken Portuguese- and the use of verbal tenses, based on the theoretical principles of Linguistics from the perspective of Textual Linguistics and Semantics. For this research, some excerpts of the corpora were analyzed which were established by exploration of the Cult Urban Linguistic Pattern of São Paulo, of Mato Grosso do Sul Linguistics Atlas and the Bandeirante Project of Philology and Popular Portuguese of Brazil, from São Paulo State, with the informants belonging to different genders, diverse age groups and education level. In order to proceed with this researched, the nature and functions of insertion phenomenon, the use of verbal tenses in the different types of insertion, the relationship between the use of verbal tenses in those insertions as well as in preceding and following insertions, in addition to the relationship between the use of the verbal tenses and the communicative attitude and communicative perspective beyond the relevance, when part of the narrated world. From the obtained data, in qualitative analysis, it was possible to verify that there are variations as to the verbal transitions in those mentioned States (Mato Grosso do Sul and São Paulo) and also among informants and that insertion does not interrupt the textual sequence, yet, quite on the contrary, it contributes for the coherence, which justifies the major frequency of explainable functions and comments. It was also observed that the use of verbal tenses, both in the case of homogeneous and heterogeneous transitions, have always been subordinated to discourse, which is also subordinated to the developed themes and both to the social characteristics of the speakers.

Descrição

Palavras-chave

Linguística textual, Verbos, Semantica, Verbal tenses

Como citar

FERNANDES, Maria Alice de Mello. A inserção e os tempos verbais no Português falado. 2006. 137 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras, 2006.